Conheça o Verdadeiro Castelo da Cinderela e o da Bela Adormecida

Castelo da Cinderela na Disney World e o castelo da Bela Adormecida na Disneylândia foram criados a partir doBavaria Neuschwanstein Castle”.

O Castelo real que inspirou o Castelo da Cinderela e o Castelo da Bela Adormecida

Cada um desses castelos também foi inspirado por vários outros castelos, incluindo Fontainebleau e Castelo de Versailles, mas com as torres delicadas do Neuschwanstein.

Castelo-Hohenschwangau-disney

Castelo Hohenschwangau 

castelo-de-verdade-da-cinderela

E.A: Castelo Fontainebleau – D.A.: Castelo de Versailles

Embora hoje os castelos sejam geralmente usados ​​como mansões elaboradas ou atrações turísticas, o propósito original de castelos era proporcionar uma fortificação defensiva contra o ataque ao invés de uma grande casa que um príncipe poderia dar a sua princesa. Castelos mais velhos são normalmente cheios de blocos, com grossas paredes retangulares. Tinha de haver poucas aberturas em caso de ataque, por isso as janelas foram mantidas a um mínimo. Com apenas com mobiliário funcional e algumas tapeçarias para decoração, não era exatamente “algo de Cinderela”.

Castelo de Neuschwanstein

O Castelo de Neuschwanstein, no entanto, foi construído em um estilo chamado “castelo romantismo”, ou “românico” (embora ele também contenha elementos da arquitetura neogótica). Ele está localizado perto da aldeia de Hohenschwangu no sudoeste da Baviera, Alemanha. Foi encomendado pelo Rei Ludwig II em meados de 1800. O rei tinha perdido seus poderes como um soberano depois de perder uma guerra com a Prússia. Então, supostamente, quis projetar castelos e palácios para fazer um reino onde ele poderia reinar. Uma ideia tão romântica que poderia ter sido escrita pela Disney.

castle-Bavaria-Neuschwanstein-Castle

Castelo de Neuschwanstein (castelo da cinderela na Alemanha – localização)

O castelo foi construído próximo ao local onde esta o Castelo Hohenschwangau. Situado no topo de uma colina, Neuschwanstein não foi construído para fins defensivos, mas sim porque o rei Ludwig gostava da ostentação. Ele escreveu a Richard Wagner, um homem que ele admirava, dizendo: “É minha intenção de reconstruir o antigo castelo (…) no autêntico estilo dos castelos dos antigos cavaleiros alemães.” Ele ainda acrescentou que “a localização é uma das mais bonitas e acessíveis” e completou dizendo que “a altura do novo castelo quase alcançaria o céu”.

Como os castelos antigos, Neuschwanstein tem uma torre retangular de destaque, mas também possui várias torres cilíndricas que também aparecem no Castelo da Cinderela. O exterior é salpicado com janelas, torres e chaminés decorativas e o pátio ainda possui vários afrescos. Detalhes como estes não teriam sido práticos em um castelo velho, mas serviram a inspiração para um castelo de fantasia como o da Cinderela sendo mais adequado para um “felizes para sempre” do que para apenas manter uma posição defensiva.

O interior do castelo é um monumento ao amor cortês encontrado nos contos de fadas, com tetos altos, lindos lustres pendurados, paredes coloridas retratando tapeçarias de dragões e donzelas em perigo e mobiliário rico que faz do castelo uma verdadeira obra de arte. Rei Ludwig tinha uma mão pessoal no projeto, o que pode ser descrito como um cenário teatral.

Ironicamente, apesar de projetar o castelo de conto de fadas que viria a servir de inspiração para o Castelo da Cinderela, o rei Ludwig II não teve um final de conto de fadas. Ludwig II também era conhecido como “o rei louco.” Ele subiu ao trono com a idade de dezoito anos e admitiu para si mesmo: “Eu me tornei rei muito cedo. Eu não tinha aprendido o suficiente”. Ele se cercava de teatro e literatura romântica, tendia a isolar-se. Foi dito que ele dormia durante o dia e que teria passado a maior parte de seu tempo acordado durante a noite.

Em 10 de junho de 1886, uma comissão do governo chegou ao Neuschwanstein, a fim de entregar a ordem oficial para depor o rei. O rei tinha levado o seu país ao declínio financeiro por causa da construção de seus castelos de contos de fadas. Livrou-se de seu conselho substituindo-o por novos rostos. Ele não queria ouvir uma palavra que seus assessores dissessem sobre finanças. Uma comissão tomou o reinado em custódia e declarou-o louco, mas ele nunca foi oficialmente examinado por especialistas. Por causa de seu comportamento excêntrico e de ter um irmão considerado louco, era fácil declarar que a loucura fazia parte da família, ele sendo realmente louco ou não.

Três dias depois, o recém-destronado Ludwig levou para um passeio um dos médicos responsáveis ​​por declará-lo insano, Dr. Bernhard Von Gudden. Não havia seguranças seguindo-os. Eles foram vistos pela última vez por volta das 18:30h. Como não havia retornado até as oito horas da manhã, uma grande busca foi conduzida. Três horas depois, os corpos de ambos, Ludwig e Von Gudden, foram encontrados em um lago nas proximidades de Neuschwanstein. Marcas de estrangulamento no corpo de Von Gudden sugeriu que Ludwig o tinha matado antes de provavelmente se matar. Relatórios oficiais afirmaram que Ludwig tinha morrido por afogamento, mas a ausência de água em seus pulmões e sua reputação como um bom nadador sugeriu suicídio.

Ludwig não viveu para ver o Castelo de Neuschwanstein concluído, um feito que só aconteceu seis anos após sua morte. O rei viveu, na verdade, em um castelo inacabado por apenas 172 dias no total.

Vale frizar que, se Ludwig não chegou a viver feliz para sempre em Neuschwanstein, pelo menos ele deixou o projeto arquitetônico para que a Cinderela da Disney e A Bela Adormecida vivessem felizes para sempre.

Bônus:

*Não é à toa que Ludwig II tinha interesse em construir castelos. Seu avô paterno, Ludwig I, foi o grande responsável pela reconstrução de Munique.

*Após sua morte, o coração de Ludwig foi removido e colocado na Capela da Misericórdia, ao lado de seu pai e avós, como parte de uma tradição da Baviera.

*O “concluído” Castelo de Neuschwanstein na verdade ainda está inacabado. Apenas cerca de quinze quartos são mobiliados e totalmente decorados.

*Neuschwanstein foi concebido como residência privada do rei, mas foi aberto ao público em 1 de Agosto de 1886, apenas um mês e meio após a morte do Ludwig.

*Neuschwanstein é um dos destinos turísticos mais populares na Alemanha e teve mais de 50 milhões de visitantes.

*O castelo foi usado como um local de armazenamento temporário durante a Segunda Guerra Mundial, após as instalações de Munique terem sido bombardeadas.

*Um meteorito que caiu em 2002 perto Hohenschwangu foi nomeado “Neuschwanstein”, por causa do castelo.

Comentários

Envie seu comentário