Como aumentar a produtividade da sua empresa – Parte I

Muitos pequenos, médios e até grandes empresários sempre estão procurando uma maneira de aumentar a produtividade dentro da sua empresa. Tal medida é necessária para que se maximizem os lucros e diminuam os custos, porém muitas administrações mundo a fora estão pecando nas suas gerências e, com isto, muitas empresas estão à beira de um caos na sua organização, pois perdem clientes, precisam constantemente aumentar o preço de vários produtos comercializados por elas e muitas vezes precisam até demitir funcionários. Tudo isso pode ser causado por vários fatores, muitos de origem interna (administração) e outros de origem externa.

modelo-de-administração

Foto divulgação: Aumentar a produtividade na empresa

Hoje eu venho por meio deste primeiro artigo mostrar algumas dicas que podem ser úteis para que muitas empresas não percam em produtividade e em tempo. A minha informação aqui vai tentar passar, como o máximo possível de clareza, uma maneira, entre muitas que existem, de ganhar velocidade na produção de bens e diminuir o tempo gasto para tal.

Para se conseguir efetivamente melhorar o desempenho dentro de uma empresa, muitas medidas podem ser tomadas. Abaixo vou analisar algumas, tomando como base o modelo de administração das escolas clássicas e que funcionam até os dias atuais. Muitas empresas nos dias atuais trabalham assim e cabe a elas analisar se o texto abaixo pode ser útil a ser aplicado. Neste artigo vou mostrar apenas o primeiro tópico para aumento da produtividade, ficando os outros para os artigos seguintes:

  1. Valorizar seu funcionário: Existem várias empresas que já fazem isso. Dependendo do ramo em que a empresa atua, é possível estabelecer certa proximidade com o funcionário. Desse modo o ambiente de trabalho fica mais confortável e amigável. Está provado que funcionários que tem um bom local para trabalhar tem um maior rendimento nas suas funções e conseguem desempenhar melhor suas tarefas, pois diminuem seu nível de estresse, aumentando seu nível de atenção para o que devem executar na empresa. Normalmente quando um funcionário não se sente bem onde trabalha, vive sobre pressões psicológicas e a toda hora está com medo de perder seu emprego. Ele muito provavelmente falhará em muitos pontos-chave dentro de seus afazeres e isso faz com que a empresa caia em sua produtividade.

Até o segundo artigo desta série!

Como aumentar a produtividade da empresa – Parte II

Faça sua Empresa Produzir Melhor

Dando prosseguimento a série de artigos para aumentar a produtividade de uma empresa, estamos mostrando mais 4 tópicos importantes para que os empresários possam analisar o que é necessários para deixarem sua empresa mais produtiva.

Empresa-Produzir-Melhor

Estudar as funções necessárias para o funcionamento da empresa

Para que uma organização possa atingir determinado objetivo é preciso que todos os processos que ocorrem dentro da empresa estejam em perfeita harmonia e eficiência na execução. Isso quer dizer que quanto melhor se executar as tarefas necessárias para atingir o objetivo final, mais produtiva vai ser a empresa, pois vai conseguir mais e em menos tempo.

O que é preciso analisar aqui é o aspecto do ponto de vista dos passos necessários para se atingir um fim. Por exemplo: Vamos supor que a empresa tenha como objetivo final oferecer um serviço de pintura para grandes obras e estabelecimentos. Um dos passos na execução das tarefas seria ir até o local e pintar. Cabe a organização analisar qual a maneira de fazer isso de forma mais rápida e de melhor qualidade. A princípio pode parecer simples, mas na verdade, quando se presta bastante atenção, pode-se acabar perdendo detalhes importantes que poderiam influenciar em muito na produtividade. Por exemplo: Será que a pintura sairia mais rápido se fosse usado uma marca de tinta diferente? Será que se o pincel fosse maior seria melhor? Será que o numero de funcionários que a empresa pode usar para terminar este trabalho está sendo suficiente? Será que algum dos pintores que trabalha nessa empresa não ficaria melhor numa função ao invés de outra? Como por exemplo: Alguém poderia pintar melhor as partes de baixo, no rodapé, ao invés das partes mais próximas do teto. Enfim, cada parte do trabalho necessário para se chegar na meta é muito importante e deve ser estudado para que seja encontrada a maneira mais eficiente de se fazê-lo.

Pagar o justo para quem produz mais

Uma maneira de fazer os funcionários de uma empresa renderem mais é certamente dando a eles um pagamento proporcional ao trabalho realizado por eles. Não estou falando de pagamento de horas extras, mas sim de um pagamento relativo a sua produtividade.

Se um funcionário trabalha o mesmo tempo de outro, mas produz mais neste tempo, é justo que ele receba um pagamento um pouco acima daquele que rendeu menos. Isto vai fazer o funcionário sempre querer produzir mais, vai dar ânimo para que execute suas tarefas, pois sabe que se trabalhar bem vai ganhar um salário melhor.

Supervisionar para que tudo dê certo

Não estou falando aqui de colocar pressão para que o funcionário faça o que tem que fazer, mas sim de, ao mesmo tempo que dá liberdade para o funcionário executar seu trabalho, também analisar se tudo está feito corretamente e nos prazos certos. Vê se o empregado fez corretamente o que tinha que fazer é excelente para aumento de produtividade, pois assim impede-se que erros ocorram com freqüência por falta de atenção ou até mesmo relaxamento.

Planejar sempre

Nada nessa vida acontece da maneira correta se não houver um planejamento prévio antes. Isso serve para tudo que desejamos fazer, mas principalmente no ramo empresarial. Analisar tudo que pode e deve ser feito dentro de uma empresa é essencial para o aumento do desempenho da mesma. Afinal de contas é melhor começar a fazer algo para descobrir o que deve ser feito ou começar a fazer já sabendo tudo que deve ser feito? Meio confuso? Não, é assim mesmo. Portanto o planejamento é algo imprescindível.

Como aumentar a produtividade na sua empresa – Parte III

Atitudes que Faz sua Empresa Crescer

Finalmente chegamos ao terceiro e ultimo artigo da série “como aumentar a produtividade na sua empresa”. Agora você ficará com os dois últimos tópicos que estavam faltando e que, sem dúvidas, se colocados em prática, farão uma enorme diferença na sua organização empresarial.

como-treinar-meus-funcionarios

Foto divulgação: Atitudes que Faz sua Empresa Crescer

Treine os funcionários

As empresas esperam sempre determinados conhecimentos daqueles que contratam, mas muitas vezes esquecem que o que realmente vai definir a capacidade do empregado é a prática. Mas muitos que são contratados nas empresas não tem experiência, apenas conhecimento. E há de admitir que cada empresa tem sua particularidade em tudo, inclusive nas formas de execução de tarefas. Portanto é preciso treinar o funcionário, capacitá-lo para que ele possa fazer seu trabalho da melhor maneira possível. Os funcionários são a cara da empresa, mas quem cuida da “cara” é sempre a própria pessoa não é? Espero que tenham entendido.

Divisão de tarefas

Como foi mencionado no segundo tópico no exemplo da empresa de pinturas, voltarei a dar mais ênfase no seguinte: Cada peça que compõe a empresa é necessária para que o todo se complete, por isso que tudo deve está no seu devido lugar e funcionando corretamente.

Quero dizer com isso que cabe aos administradores, supervisores e gerentes a função de descobrir talentos e delegar as tarefas para aquelas pessoas que tem aptidão para executa-las. Cada funcionário deve está colocado naquilo que sabe fazer e que faz bem, pois assim diminui o risco de erros e diminui também o tempo para que as tarefas sejam feitas e ai sabe o que acontece? A produtividade aumenta. Cada um tem o seu papel na empresa e tem que saber o que está fazendo. Cada qual tem um afazer e uma competência específica e cabe àquele que administra colocar as coisas no lugar certo e saber dividir muito bem as tarefas.

De tudo aquilo que eu falei, segue o seguinte exemplo:

Podemos citar a cadeia de lanchonete McDonald´s. A empresa padronizou todos os procedimentos de produção do lanche, de modo que um produto consumido em Pequim seja absolutamente similar ao consumido em Fortaleza. Seus funcionários da linha de frente são treinados para serem parte de uma estudada engrenagem. Assim, quem frita o hambúrguer segue alguns passos pré-determinados, como colocá-lo na chapa e acionar um botão que soará um apito indicando a hora de virá-lo e outro apito indicará a hora de retirá-lo da chapa e colocá-lo no pão, onde já estarão os outros componentes etc. É uma perfeita linha de montagem, com um mínimo de interferência do funcionário. Este modelo de produção procura automatizar o trabalho humano.

Como você deve ter percebido no exemplo acima, tudo é bem dividido, cada funcionário tem a sua função definida e sabe o que tem que fazer, todos os passos para a produção do bem final foram estudados de modo que fossem executados da melhor maneira possível e é por isso que a produtividade é grande e o rendimento é maior. Tenho certeza que isso é que faz a McDonald’s ser uma das maiores empresas do planeta. Pense nisso.