Saiba a verdadeira idade do seu cão! (Calculadora Canina)

Os cães fazem tanta parte de nossas vidas que as vezes confundimos o mundo deles com o nosso. Entre as distorções mais comuns esta o questionamento de quantos anos tem realidade tem o cachorro. Ora… Tem a idade que tem! Mas o engraçado é que sempre queremos saber quantos anos o cão tem se fosse um humano.
Existe um método muito usado para calcular a idade do cão, que é a de multiplicar a idade real por sete, no entanto essa forma de calcular é redondamente equivocada.

Como calcular a idade ‘humana’ de seu cachorro?

Para calcular a idade do cão primeiramente é necessário levar em consideração que cada raça envelhece num ritmo diferente. Então eis que um jornalista da BBC – Ben Carter – decidiu inventar uma forma mais precisa de calcular a idade “humana” dos cães.

Com bases em dados do Kennel Club, do Reino Unido e do Veterinary Medical Database dos EUA foi que desenvolveram uma calculadora mais certeira para descobrir a idade dos cachorros. Só tem um porém, a calculadora esta programada para calcular a idade de cães de algumas raças, quais eles tinham mais dados e estudos armazenados.
Na matéria da BBC ainda afirma que cães de raça mestiça, vivem em média 1,22 anos a mais do que os de raça pura.

todas as raças de caes

Calculadora da idade canina

Então vai lá na pagina da BBC e faça sua pesquisa para saber a idade de seu melhor amigo (se ele fosse gente!) e de quebra a calculadora também calcula a idade que você teria se fosse cachorro.

REVOLTANTE! Vídeo mostra Cachorro sendo abandonado pelo próprio dono

Vídeo postado no YouTube mostra uma situação tremendamente comovente, um dono sem escrúpulos abandona seu próprio cachorro em uma rua movimentada em São Paulo. Apesar da chuva e o trânsito confuso, o cachorrinho insistia em perseguir o carro de seu ex-dono, as cenas são tristes e gera muita revolta.

O criminoso certamente tem razões para haver feito isso, mas nenhuma razão pode justificar tal irresponsabilidade e crueldade com um animal que dependia cem por cento dele.
Isso serve como exemplo para que as pessoas pensem duas vezes antes de arranjar um animal de estimação, primeiro é necessário saber se terão condições e se são minimamente humanos.

Muito triste! Veja:

como banhar cachorros

Como Eliminar Mau Cheiro de Cachorro

É comum cachorros exalarem um cheiro forte, e para acabar com esse mau cheiro é difícil encontrar soluções eficazes em supermercado! Os produtos prontos, como desinfetantes e detergentes, fazem um efeito momentâneo e logo perdem seu efeito. Hoje ensinamos um truque caseiro que ajudará você a combater o mau cheiro de cachorro do seu ambiente, o mau cheiro dele e da casinha. Confira abaixo como tirar o odor do ambiente onde ele costuma passar mais tempo, como por exemplo a casinha, a caminha, ou a parte do quintal onde ele passa a maior parte do dia.

Como tirar mau cheiro de cachorros com produtos caseiros

Você vai precisar de:

  • 1 litro de Água
  • 1/2 copo de Vinagre
  • 1/4 copo de Álcool
  • 1 colher de sopa de Bicarbonato de Sódio

Modo de preparo da solução:

Apenas misture todos os ingredientes em uma vasilha.

Como utilizar:

1) No chão:

Passe normalmente a solução com um pano.

2) No animal:

Você pode colocar essa solução em um Spray e borrifar no sentido contrário dos pêlos, depois, seque bem com uma pano de algodão.

3) Nos estofados:

Uma boa dica para quando você for utilizar a mistura para esse fim, é adicionar 1/2 copo de amaciante! Borrife a solução no sofá, carpete, cortina e almofadas! É fácil, prático e garante eficácia nos resultados, além disso, a mistura é barata e todos os ingredientes podem ser encontrados em supermercados. E lembre-se: o vinagre realça as cores, o bicarbonato limpa, o amaciante amacia o tecido e o álcool facilita a secagem.

Manter o ambiente limpo quando temos cães e gatos é missão quase impossível! Todo dia temos que fazer uma limpeza nem que seja por cima e com essa dica, o seu ambiente ficará limpo por mais tempo. Aproveite essa receitinha fácil e muito eficiente para facilitar o seu dia.

como-lavar-a-casinha-do-cachorro

Seu filho quer um animal de estimação? “Saiba o que fazer”

Papai mamãe quero um animalzinho! O que fazer? – As crianças crescem e acabam desenvolvendo a vontade de ter um animalzinho para cuidar e se divertir, muitos pais temem esse momento mas saiba que de certo modo isso pode ser uma oportunidade única para desenvolver novas situações onde podemos ensinar as crianças se tornarem mais responsáveis. Entretanto é importante avaliar se a criança possui uma certa maturidade para lidar com as novas  responsabilidades e o comportamento do animal. Acreditamos que crianças com a partir de 7 anos já podem ter um animal de estimação. Também é preciso escolher o animal certo que combine com a rotina da família e da criança. É importante determinar qual tipo de animal se adapta melhor e saber quais os cuidados que o novo membro da família exige antes mesmo de ir a um pet shop ou a um abrigo para adoção, afinal as necessidades do animal deverão ser supridas adequadamente.

meu-primeiro-animalzinho

Descubra qual é o Pet mais indicado para o seu filho

Os cães

cachorro-e-criançaÉ a escolha mais comum porém são animais que exigem maiores cuidados independente de seu porte físico. São animais muito carinhosos e conseguem adaptar-se facilmente a uma família pois criam laços muito fortes com seus donos. Precisam ser alimentados adequadamente, precisam de espaço para exercitar-se e pedem atenção sempre que se sentirem carentes, em alguns casos o animal precisa de outros cuidados como tosar os pelos.

Dica: Ao invés de comprar um animal poderá adotá-lo em algum abrigo de animais sem custo nenhum. Obs: No caso de adoção se o cão tiver mais de 6 meses de vida  é recomendável consultar ao responsável do centro de adoção se o animal está apto ou não para o convívio com as crianças.

Os Gatos

Esses animais exigem menos cuidados por serem quase que independentes mas precisam ser alimentados todos os dias e também precisará trocar regularmente a areia na qual o animal faz suas necessidades. Também poderá achar alguns gatos em abrigos ou poderá adquirir animais de raça pagando por eles.

Os Peixes

São um bichinhos interessantes para crianças mais novas pois requerem poucos cuidados, apenas é preciso alimentá-los e trocar a água do aquário regularmente para que sobrevivam. Ocupam pouco espaço e existe uma variedade de cores e tamanhos de peixes que podem ser criados em aquários, muitos peixinhos tem um custo relativamente baixo.

Os Roedores

Várias espécies de animais roedores podem ser criadas como animal doméstico como os hamsters, ratos, cobaias entre outros. Também ocupam pouco espaço e vivem dentro de uma gaiola para não causarem danos pela casa, precisam apenas que sejam alimentados adequadamente e é preciso fazer a manutenção nas gaiolas regularmente. O único ponto negativo é que os roedores costumam ser noturnos e podem prender a atenção das crianças na hora de dormir.

Os Pássaros

As aves também ocupam pouco espaço mas é necessário que as gaiolas sejam limpas todos os dias. Os pássaros não gostam de brincar mas algumas espécies emitem sons interessantes e a melhor vantagem é que são animais diurnos então não distraem as crianças na hora de dormir.

Saiba porque os cães e gatos não podem comer chocolate

Qualquer pessoa gosta de chocolate e em alguns casos as pessoas acabam ficando viciadas nesse doce delicioso. O chocolate pode estar presente em sobremesas depois de um belo jantar ou pode ser levado para qualquer lugar como os bombons, barrinhas entre outros. Essa tentação Pode fazer bem para a saúde do ser humano caso tenha uma quantidade maior de cacau e esse é o caso dos chocolates meio amargos e amargos, pois o cacau consegue melhorar o funcionamento do cérebro e diminuir o risco de doenças cardiovasculares. Entenda mais porque os gatos e cachorros nao  podem comer chocolate:

cachorros-e-gatos-pode-comer-chocolate

Por que os cães e gatos não podem comer chocolate

cachorros-e-gatosMas nos animais o efeito é totalmente contrário e não é aconselhável que divida seu chocolate com seu bichinho de estimação ‘pidão’, afinal essa guloseima é totalmente tóxica aos animais já que o fígado dos bichinhos não consegue metabolizar a teobromina que é uma substancia presente no chocolate. Ao contrário dos humanos, quando o chocolate tem uma quantidade menor de gordura mais tóxico será, ou seja, o chocolate meio amargo ou amargo faz muito mal ao animal e pode até ser letal.

Que mal o chocolate pode causar ao animal?

O animal pode sofrer com diarréia, taquicardia, vômito, micção em excesso, respiração acelerada, o aumento de contrações musculares, excitação nervosa e elevação da temperatura do corpo. A intoxicação dependerá da quantidade de teobromina e do peso do animal, em alguns casos o bichinho de estimação pode ter uma morte causada por uma parada respiratória ou até mesmo uma parada cardíaca por causa da substancia.

Quantidades Letais

Apenas 200 g de chocolate meio amargo pode matar um animal de 5 kg, 300 g de chocolate ao leite intoxicam e se ingerirem 400g de chocolate ao leite pode acabar matando o bichinho. Então é preciso estar atento aos chocolates e deixá-los fora do alcance dos seus animais e Caso o animal se intoxique leve-o imediatamente a um médico veterinário.

Raça Akita: Principais características e perfil comportamental

Akita– quem nunca assistiu ao filme “Sempre ao seu lado” e se emocionou até o último segundo? Pois é, o cão da raça Akita emocionou o mundo todo com sua fidelidade e amor ao dono e sua família! De origem japonesa o cão fiel e naturalmente obediente ficou famoso por seu papel como amigo inseparável de Richard Gere. Os cães dessa raça são muito carinhosos e fazem tudo pelo seu dono, portanto, são uma ótima opção para a família, não recomendado que criá-los em apartamento. Veja as características principais da raça Akita!

raça-akita-inu

Perfil Físico:

  • Peso: entre 40 e 50 kg
  • Pelagem: longa e macia.
  • Orelhas: arredondadas e sempre alertas.
  • Olhos: muito pequenos.
  • Cor: Branco, mesclado ou beje.

Filhotes de Akita Inu

filhotes-de-cachorro-da-raça-akita

Perfil comportamental:

Os akitas são corajosos, leais e muito calmos! São pacientes, acolhedores e muito amorosos. Dessa forma, são muito sentimentais e costumam chorar quando querem alguma coisa e por serem super protetores farão o possível e o impossível para  protegerem seus donos. Necessitam de escovação diária e banhos quinzenais. Antes de escolher a raça que melhor combina com seu dia-a-dia veja detalhes sobre a personalidade e sobre as necessidades da raça que você deseja. Por mais dóceis que os cães sejam, eles sempre precisarão de atenção especial e de cuidados extras que tomarão algum tempo da nossa rotina. Lembre-se: os cães assim como os seres humanos, precisam manter uma alimentação adequada e manter a saúde em dia, além disso precisam praticar exercícios físicos regularmente. Antes de ter um cãozinho ou qualquer outro animalzinho, analise sua rotina porque ele vai precisar muito da sua atenção.

Pincher- saiba tudo sobre essa raça!

Cães da raça Pincher– pequeno e valente! Estas são duas características muito fortes encontradas em cães dessa raça, além disso,são leais aos seus donos e muito ágeis. Os cães da raça Pincher são uma ótima opção para quem vive em apartamento ou pra quem vive em casa, são pequenos e não fazem quase nenhuma sujeira. Se familiarizam bem com as pessoas do lar, mas sempre fazem de tudo pra proteger aquela pessoa que eles consideram realmente o seu dono. Pode estranhar pessoas que vem de fora, e se isso acontecer,ele pode atacar. Conheça o perfil dessa raça:

cachorro-pincher

Perfil físico:

  • Pelagem: curta e grossa.
  • Tamanho: pequeno porte.
  • Cor: preto com marrom, marrom claro com marrom escuro.
  • Peso: Entre 3 e 7 Kg.
  • Orelhas: Sempre em pé.

Perfil comportamental da raça Pincher:

  • Possuem muita coragem.
  • São leais ao dono
  • Muito ágeis.
  • Late muito sempre que percebe algo estranho, serve como um bom alarme.
  • Ama brincar.
  • Recomenda-se educação rígida, pois se não educados podem ser muito agressivos.

raça-cachorro-pincherOs Pinchers são ótimas companhias, quase não dão trabalho, comem pouco (se controlada a quantidade de comida diária), necessitam de pouco banho e não apresentam índices de doenças genéticas. Lembre-se que o Pincher é uma raça muito barulhenta e que adora companhia então antes de ter um cãozinho dessa raça analise muito a sua rotina e as condições em que o cachorro viverá. Evite dar comida e outras coisas que não seja a ração para o seu cachorro, a ração é o alimento que contém todas as vitaminas que ele precisa e por isso é muito importante manter uma dieta com alimentos específicos para o seu cão.

Dicas para tratar cães com insolação!

Cães com insolação – pra quem pensou que insolação era só em seres humanos, se enganou! Os cães também podem sofrer com o sol muito forte e o pior é que a insolação em cães, embora seja uma doença muito grave, não demostra muito sintomas e é aí que mora o perigo. Perceber o problema é fundamental para a cura, portanto, preste atenção nas dicas e fique atento aos sintomas.

cachorro-na-praia

Sintomas de Insolação:

  • Perceba se o seu cão está repirando forte demais.
  • Sinta a temperatura através do nariz. O nariz deve estar sempre molhado e geladinho.
  • Observe se esta sentindo sede fora do normal.
  • Muita fraqueza.
  • Vômito.
  • Inquietação.
  • Falta de ar.
  • Desmaio.
  • Babar sem parar.
  • Batimentos acelerados.

Primeiros socorros 

Para realizar os primeiros socorros é necessário que se faça compressas com água fria pelo corpo do animal, que leve-o a um lugar bem fresco, de preferência com ar condicionado e uma medida muito importante: dar banhos frios no seu cão (nunca use água gelada pois você corre o risco de causar um choque térmico no animal).

Cuidados para evitar o problema:

Evite expor seu cão ao sol forte dos dias de verão! Prefira passear com ele no final do dia ou pela manhã, os animais sofrem e muitas vezes não conseguimos perceber o motivo. Leve sempre uma garrafa de água fresca para dar ao cão durante os passeios e caminhadas, isso deixará o animal hidratado e mais saudável. O sol forte não faz bem pra ninguém e é bom evitarmos o máximo que conseguirmos.

Dachshund características – saiba tudo sobre essa raça!

Ai meu Deus….aquela carinha! Tão pequeno, dócil e brincalhão que é impossível resistir à um Dachshund, chamado por muitos de Basset ou o famoso cachorro Salsicha ele é famoso por sua espontaneidade, fidelidade e carinho. O cão de origem Alemã é também muito corajoso, forte e ciumento! O Dachshund pode ser facilmente adaptado em apartamento, mas, por tratar-se de uma raça com instinto caçador e agitada  precisa de muitas voltas por dia. Tem um ótimo relacionamento com as crianças podendo ser facilmente criado no ambiente familiar. Mas lembre-se ele sente muito ciúmes do dono e fará qualquer coisa para protegê-lo. Conheça abaixo algumas das características da raça Dachshund. 

Dachshund características

raça-dachshund

Perfil físico:

  • Baixo, comprido e com pernas curtas.
  • Peso: entre 7 e 11 quilos.
  • Cor: preto, bronze avermelhado ou malhado.
  • Pelagem: possui 2 pelagens diferentes: liso e duro ou longo.
  • Orelhas: média e caídas.
  • Olhos: oval e escuros.

Detalhes físicos marcantes:

  • O peito robusto e o comprimento.

Perfil comportamental:

  • Os cães dessa raça são corajosos, protetores, possuem instinto caçador e muito carinhoso. São também muito ciumentos com o dono e com os membros da família.
  • São muito amorosos  e adaptam-se facilmente ao ambiente familiar.
  • São muito brincalhões e inteligentes.
  • Possuem um ótimo faro, rapidez e por isso caçam facilmente pássaros, ratos e pombinhas.
  • O latido deles é muito forte e alto

Detalhes marcantes na personalidade:

  • A lealdade e a força.

Os Dachshund são por natureza cães de companhia, mas como qualquer raça possui suas necessidades. Se você deseja um cão de companhia, brincalhão e carinhoso esta é uma ótima opção. Caso contrário, pense muito bem antes de ter um.

Dachshund fotos

dachshund-caracteristicas-fisicas cao-salsicha-fotos

cachorro-salsicha

Fotos de filhotes de Dachshund

filhotes-de-teckel

Filhotes de Dachshund Tecckel com 1 mes e 3 meses.

filhotes-de-dachshund

filhotes-de-teckel

Chow-Chow – Saiba tudo sobre essa raça!

Temperamento e característica da raça Chow Chow, aquele exótico cachorro peludo da língua roxa! É essa a descrição que ouvimos quando alguém pergunta sobre os cães da raça Chow Chow! As características mais marcantes viraram referência. O Chow- Chow é um cão que vive melhor em casas, por tratar-se de um cão relativamente grande e que solta pelos, é ideal que se tenha um bom espaço. Em contrapartida, o Chow- Chow é um cachorro que late pouco e é muito calmo podendo ser facilmente adaptado ao apartamento. Sobre a convivência com crianças não podemos afirmar que ele seja rude ou bonzinho, trata-se de um cão com personalidade forte e que não aceita fazer coisas que não quer fazer. Então, tudo depende da criação do animal e da forma como ele é tratado!

fotos-de-chow-chow

Detalhes marcantes na personalidade

  • Não podem se sentir pressionados, odeiam fazer as coisas send obrigado!

Perfil físico:

  • Altura: aproximadamente 45 a 50 cm.
  • Formato das orelhas: arredondadas
  • Formato da cabeça: larga.
  • Pelagem: lisa/dura
  • Peso: entre 25 e 35 kg.
  • Olhos: escuros e pequenos
  • Cores: Marrom- avermelhado, preto, creme e cor de canela.

Perfil comportamental

  • Dócil, porém, exige uma educação firme e a necessidade de envolvê-lo desde cedo com outros animais e com crianças.
  • São por natureza corajosos. Não levam desaforo pra casa.
  • São independentes e muito inteligentes
  • São um pouco teimosos por isso há uma dificuldade de adestramento.
  • É muito carinhoso mas muito reservado!
  • Adora caçar!
  • São bons cães alertas, pois, só latem quando alguma coisa esta realmente errada.

Detalhes físicos marcantes

  • Os pelos em volta da cabeça lembrando uma juba de leão.
  • E a  característica mais marcante é a cor da língua: roxa.

Origem: China.

Cada raça tem uma personalidade, o legal mesmo é curtir cada uma de um jeito. Para os amantes de cães o essencial é que o animal seja fiel ao dono e proporcione bons momentos à família. Lembre-se de levar seu cão regularmente ao veterinário, manter a água sempre fresca e limpa e alimentá-lo com rações especificas para o porte da raça. As rações fazem uma grande diferença para a saúde da pelagem , dos olhos, dos ossos e dos músculos.

Não esqueça que quando você decide comprar ou adotar um cãozinho ele passa a ser sua responsabilidade e a sobrevivência dele depende de você.

Fotos de chow chow filhotes

filhotes-de-chow-chow

filhote-de-chow-chow

Fotos de chow chow

cachorro-raça-chow-chow

chow-chow

chow-chow