O ambiente político para o marketing internacional

O ambiente político de um país precisa ser minuciosamente avaliado quando uma empresa pretende entrar nele para vender seus produtos. Muitas sãos as barreiras que uma organização vai enfrentar para expandir seu mercado para o mercado global e tornar-se internacional, dentre elas estão o ambiente competitivo, o ambiente legal e o ambiente cultural. Para que o comércio internacional tenha segurança e estabilidade, as empresas procuram duas características muito importantes, tais como liberdade política e liberdades democráticas. Isto acontece porque poucas são as empresas que querem investir em um ambiente político instável, que não respeita contratos e onde há muitos golpes de estado e simplesmente o governante está acima da Lei. E a empresa que se propõe a entrar em ambientes assim buscam proteger o seu investimento garantindo um rápido retorno do capital. E como a concorrência neste tipo de local instável é bem baixa, também há aquelas que usam este motivo para tentar arriscar.

marketing-internacional

Ambiente competitivo

O que acontece é que em alguns países são criadas leis que favorecem os fornecedores locais e criam barreiras alfandegárias ou subsidiam produtos nacionais. É como os Estados Unidos que criam barreiras de impostos tão grandes sobre o suco de laranja brasileiro, que este passa a ser mais caro naquele país. Isto é feito porque os preços do suco de laranja que são produzidos internamente nos EUA não podem competir com o brasileiros, então há uma tentativa de protecionismo para proteger os fornecedores locais. Por causa de práticas assim é que foi criada a Organização Mundial do Comércio (OMC), que tem o objetivo de julgar causas desses tipos, que muitas vezes são consideradas abusivas. Após um período de discussão, a OMC pode pedir sanções comerciais contra o país perdedor. Entenda por país perdedor como aquele que, após receber queixas de empresas de outros países sobre sua prática de comércio, teve seu método visto como abusivo.

Ambiente legal

Cada país tem a sua lei especifica a qual as empresas tem que se adaptar. Uma lei imposta aqui no Brasil pode ser diferente lá nos Estados Unidos, então os profissionais de marketing precisam estar atentos ás leis de cada país e a uma possível mudança nas mesmas. Tomamos como exemplo a Holanda, onde as empresas precisam estar registradas na câmara do comercio e fornecerem detalhes da sua atividade. Já na China, não há leis que protejam patentes e, por consequência disto, os produtos podem ser facilmente copiados. É por isso que há tantos importados chineses por aí. Na índia eles obrigavam que cada produto alimentício tivesse sua fórmula mostrada, por isso a Coca-cola ficou longe daquele país por 16 anos, até que a lei mudou.

Ambiente cultural

E é lógico que a cultura tem um impacto muito grande nesta questão de ambiente político também. Cada país tem suas diferenças e um povo que consome um produto pode consumir produtos diferentes dos demais, além de terem comportamentos totalmente diferentes, tal como é no Japão, onde a cooperação é enfatizada, mas nos EUA o que é enfatizado é o individualismo.

Prestar atenção no ambiente político de cada país é demasiadamente importante para fazer marketing internacional. O ambiente político deve ser muito bem analisado antes de uma empresa entrar em um país diferente para expandir os seus negocios.

Os Tipos de Estratégias de Marketing

As estratégias de marketing são todos os meios pelos quais os executivos de marketing conseguirão alcançar seus objetivos. Todas elas estão ligadas ao composto de marketing (Produto, preço, promoção e praça), o qual já foi tratado em outro texto aqui no site. Para você entender melhor esta questão de como as estratégias de marketing se relacionam com o composto de marketing, vamos detalhar um pouco mais abaixo e você poderá visualizar com maior precisão o que cada um dos compostos tem a ver com as estratégias que serão utilizadas para as empresas alcançarem seus fins.

tipos-de-estrategias-de-marketing

Tipos de Estratégias de Marketing

Estratégias de marketing que usam o produto.

  • Alterar o portfólio dos produtos é uma grande estratégia de marketing;
  • Bem como mudar o design, a embalagem e a qualidade;
  • E consolidar e/ou padronizar uma marca que até então não havia sido feita forte.

Que usam o preço

  • Mudar o preço;
  • Fazer com que alguns grupos de produtos tenham prazos ou condições diferenciados dos demais;
  • Se a empresa trabalha em vários mercados, pode adotar politicas de preços diferentes para cada mercado;
  • Fazer descontos para conseguir com que o cliente leve mais e assim aumentar sua margem de lucro.

Que usam a promoção

  • É importante que o pessoal que faz a venda seja qualificado;
  • Ter políticas de relações públicas também faz toda a diferença;
  • Saber encontrar os canais de mídia corretos para a empresa e estar neles pode causar grande impacto na venda dos produtos.

Que usam a praça

  • Mudar os canais por onde são distribuídos os produtos;
  • As vezes o nível de serviço do cliente precisa ser avaliado e melhorado;
  • E até mesmo o estoque precisa ter o tempo de ressuprimento otimizado.

Tipos de Estratégias de Marketing

Dependendo do momento em que a empresa estiver passando, ela pode adotar um tipo ou outro de estratégia para poder ganhar mercado.

Estratégia de penetração de mercado: Aqui as empresas vão colocar toda sua força para penetrar ainda mais no mercado o qual ela já está. Então podemos dizer que ela pega os seus produtos atuais e insere nos mercados atuais. Isso ajuda a alcançar mais clientes do mercado já existente e fortificar o produto ou marca com estes.

Estratégia de desenvolvimento de mercado: É quando a empresa pega o seu produto atual e tenta inseri-lo em novos mercados. Aqui o que está em jogo é querer conseguir um maior numero de novos clientes vindo de locais que ainda não haviam sido focados.

Estratégia de desenvolvimento de produtos: Quando a empresa tenta inserir novos produtos no mercado já existente no qual ela atua. Acontece quando os produtos atuais já estão defasados e é preciso troca-los por novos ou em outras situações.

Estratégia de diversificação: É quando a empresa lança novos produtos para novos mercados. É uma decisão que pode ocorrer caso a empresa queira entrar em um novo segmento ou até mesmo trocar de segmento. Então elas criam algo novo para injetar em um mercado novo.

Essas estratégias de marketing precisam ser adotas com cuidado, principalmente a ultima, que, apesar de ser a mais indicada, também é a que requer mais pesquisa, pois é muito delicado tomar uma decisão de entrar em um novo nicho.

O marketing polêmico, que estratégias são essas?

Fazer marketing polêmico tem sido uma das principais estratégias de muitas empresas, mas até que ponto isto realmente é vantajoso para elas? Existem temas que trazem um bom feedback perante a determinados público-alvo, mas também existem aquelas que, por falta de competência da equipe de marketing ou por falta de avaliação das consequências, acabam trazendo uma imagem ruim para a marca.

Existem muitos temas que chama a atenção na atualidade, são músicas que “bombaram” na internet, assuntos de cunho religioso, temas sexuais, abusos, escândalos, temas políticos, vídeos que fizeram sucesso no youtube, diversidades étnicas e uma infinidade de outros que nem poderiam serem citados aqui.

Devido ao alto impacto de divulgação que estes temas conseguem na mídia, dependendo de como as empresas atuam, podem “pegar carona” na publicidade que por si próprios estes temas trazem. Abaixo você vai ficar com alguns exemplos de marketing que pegaram assuntos polêmicos para retratar.

Marketing polêmico em torno do beijo gay

O beijo gay já foi considerado um grande tabu nas telenovelas brasileiras e nenhuma dramaturgia mostrou explicitamente um beijo deste tipo, devido ao grande impacto que poderiam causar aos seus expectadores. Mas recentemente o SBT quis mostrar isso em uma de suas novelas (Amor e revolução), e foi a primeira a mostra o beijo entre duas mulheres:

beijo-gay-em-novelas

Eles também iam mostrar entre dois homens, mas desistiram da ideia por causa da representação que isto poderia causar no publico, no entanto, o beijo lésbico foi uma estratégia de marketing polêmico que aumentou bastante a audiência.

Estratégia de marketing com polêmica religiosa

A filial da play boy portuguesa teve suas portas fechadas pela matriz, por causa da seguinte capa de uma das suas edições:

estrategia-de-marketing-apelativo

Marketing da Mercedes baseado em “música do momento” que virou hit na internet

Uma das estratégias com assuntos não tão polémico porem bastante popular, foi a da empresa de carros de luxo Mercedes Benz, ao lançar o Mercedes classe A. Para divulgar o seu novo carro, fez uso de uma popular música Funk. Respondendo à essa estratégia, os diretores da propaganda disseram que já esperavam este resultado e que o vídeo lançado está sendo positivo para empresa em termos de resultados e engajamento.

Teve também a propaganda da Bombril que ofendeu vários homens por ser considerada sexista e discriminatória, já que ensinavam mulheres a adestrar os homens, mas o caso não deu em nada.

grandes-estrategias-de-marketing

Outra estratégia de marketing polêmico que deu o que falar foi a da HOPE (empresa de lingeries), acusada de denegrir a imagem da mulher, já que “Gisele aparece usando roupas íntimas para sugerir às mulheres brasileiras que usem a sensualidade na hora de dar uma notícia desagradável ao marido.”.

Enfim, você deve ter percebido que há um número incontável de temas polêmicos que as equipes de publicidade de uma empresa podem usar para colocar a marca em evidência. Infelizmente algumas vezes o tiro sai pela culatra e a imagem da empresa fica prejudicada perante os seus consumidores, apesar de ganharem grande publicidade.

A Segmentação de mercado e a personalidade do cliente

A segmentação de mercado se dá exatamente pela personalidade que um grupo de cliente possui. Quando a empresa resolve entrar em um mercado, ela tem que entender como ele se comporta e, principalmente na hora de escolher onde atuar, precisa entender a personalidade dos consumidores. Segmentar o mercado significa identificar o que potenciais clientes querem e depois oferecer isso a eles. E o que cada cliente quer está intimamente ligado à sua personalidade.

Deixo-vos a seguinte frase:

Conhecendo a personalidade de seus consumidores o mercado poderá utilizar-se de uma abordagem de mercado segmentado.

personalidade-do-cliente

Como podemos ver, segmentar o mercado é identificar a personalidade do cliente em potencial e depois tomar medidas e atitudes que vão ao encontro de suprir as necessidades que esta personalidade traz consigo. Mas afinal de contas, o que vem a ser personalidade?

Se procurarmos em um dicionário, vamos encontrar que “a personalidade vem a ser o caráter exclusivo de uma pessoa”. A psicologia define personalidade uma maneira mais abrangente e, ao meu ver, mais complicada. Para fins deste texto, considere a definição do dicionário.

Com base no que foi lido, podemos entender o seguinte: A personalidade representa o que há de mais individual em cada um de nós e como isso é importante e afeta os nossos comportamentos.

Cada consumidor forma seus hábitos de compra de serviços ou produtos baseados na sua personalidade, por isso é extremamente necessário fazer um marketing de personalização, e assim se dá a segmentação de mercado.

Muitas estratégias de marketing podem ser construídas depois que se conhece a personalidade do consumidor (público-alvo). A estratégia é personalizada para cada indivíduo. Desta forma o mercado segmenta-se e as estratégias também segmentam-se.

Portanto, a segmentação de mercado atingi um grupo específico de pessoas, e por se tratar de algo tão específicos, podemos dizer que são pessoas que realmente estão interessadas naquilo que está sendo oferecido, independente ser um produto ou serviço.

A segmentação de mercado e de estratégias faz com que um abordagem seja mais bem aceita pelo consumidor. Abaixo veja alguns tipos de segmentações que podem ser feitas para definir um nicho de mercado:

  • Sexo;
  • Idade;
  • Posição social;
  • Hábitos de compra;
  • Saúde;
  • Entre outros;

As estratégias de marketing que procuram abarcar as pessoas focadas em sua personalidade farão mais sucesso quanto mais segmentadas forem.

Tome como exemplo um notebook de ultima geração para facilitação de trabalhos. Com certeza um público alvo bastante interessado seriam os executivos, pois possuem interesse e poder de compra. Então seria interessante que este material fosse divulgado em uma estratégia de segmentação que abordasse o anuncio em uma revista para executivos. Da mesma forma, mulheres que são aficionadas em modas, gostariam de comprar uma revista que lhes indicasse a tendência do próximo ano.

Cada nicho e exemplo que foram citados correspondem a uma pequena parte do que uma empresa pode fazer na segmentação de mercado e de suas estratégias. Infelizmente estas estratégias segmentadas tem um custo bastante elevado, necessitando, muitas vezes, de um alto poder computacional, aumentando assim ainda mais os gastos para a execução.

Estratégias de marketing para os diferentes tipos de consumidores

Uma verdade do marketing é que é necessário abordar os diferentes tipos de consumidores de maneiras diferentes. Assim como cada consumidor tem uma percepção do que lhe é mostrado, então é necessário se fazer uso das mais diferentes estratégias de marketing para ganhar estes clientes para si. É preciso entrar na cabeça daquele que vai consumir o produto de maneira especial, individual, e fazer com que ele queira este produto e sinta-se motivado a compra-lo.

Os maiores canais de comunicação que os profissionais de marketing usam para alcançar os clientes são aqueles que englobam uma massa. Para focar nos diferentes tipos de consumidores, é necessário então ter uma estratégia para cada um, dependendo do que vai ser oferecido para o possível cliente. Abaixo veja algumas estratégias de marketing que são usadas para alcançar e abordar os diferentes tipos de consumidores:

Nostalgia

Quando o termo nostalgia é utilizado por uma pessoa, ela está querendo dizer que se lembrou de algo que aconteceu no passado. O tipo de estratégia de marketing que usa essa técnica de nostalgia tem o objetivo de fazer o cliente lembrar de algum fato passado, sendo que este fato está normalmente associado ao produto em questão que está sendo vendido.

Ecologia

exemplos-de-publicidades-ecologicas

Nos dias de hoje a consciência do consumidor com relação à preservação ambiental e até mesmo à responsabilidade social está mais aguçada. Então é de se esperar que uma empresa que tenha atitudes ecológicas se destaque com relação às outras na mente de um consumidor. Os profissionais do marketing usam isto para oferecer um produto ou uma marca com imagem ecologicamente correta. Tenha como exemplo as propagandas da marca ypê, que normalmente vem acompanhado da frase “Ypê, a gente planta árvores para você”.

Testemunho

Uma das estratégias de marketing mais poderosas passa por colocar pessoas com grande influência a falar do produto, dando seu testemunho sobre o mesmo. Quando se coloca, por exemplo, um jogador de futebol famoso para dizer que usa tal marca, os consumidores são impactados pela influência maior de quem dá o testemunho do que, até mesmo, do próprio produto.

Sex-appeal

exemplo-de-publicidade-Sex-appeal

Para quem consome bebidas alcoólicas, esse tipo de estratégias é muito usada. Trata-se de colocar muitas mulheres, praia, sol, roupa de menos e todos bebendo o produto que está sendo apresentado. É uma tentativa de ligar essa imagem a mente do cliente. Estão praticamente dizendo o seguinte: “beba essa cerveja se você quer ter mulheres e muita diversão”. Tentam associar o produto à sensação de felicidade.

Problema/Solução

Uma das técnicas mais usadas, pois eles apresentam um problema para o consumidor e depois apresentam a solução, que em geral é trazida pelo consumo do produto em questão.

Cenas da vida real

Quando a comunicação da propaganda tenta inserir o produto na vida cotidiana das pessoas, como forma delas verem que elas precisam daquele produto na vida delas. Já reparou naqueles comerciais de sabão em pó, onde normalmente aparecem crianças brincando, correndo, ou então algo relacionado à vida da dona de casa? É isso que esta estratégia tenta fazer.

Cada estratégia apresentada aqui visa atingir a um tipo de consumidor, que será impactado pela comunicação feita na publicidade.