Halitose – Causas e dicas de como acabar com o mau hálito

O mau hálito também é chamado de halitose  pode ser causado por diversos factores, sendo algumas delas a falta de higiene bucal, má escovação e a falta do uso do fio dental. A halitose crônica é um grande problema que cerca de 40% da população sofre ou sofrerão alguma vez em suas vidas, então podemos dizer que é algo muito comum e facilmente reversível, no entanto devemos antes de tudo evitar o mau hálito para manter uma boa impressão de nós mesmos tanto para uma vida social como profissional. Confira abaixo como prevenir o mau hálito:

Como detectar a halitose?

como-acabar-com-a-halitoseUm teste para ver se o hálito esta bom é cobrir o nariz e a boca com a mão e cheirar ou poderá pedir para alguém confiável verificar. Não preocupe-se caso você acorde pela manhã com o mau hálito pois é algo totalmente normal, isso é causado pela produção reduzida de saliva durante o sono mas isso poderá ser amenizado se fizer a escovação dos dentes e da língua de forma adequada, também deverá usar o fio dental antes de se deitar.

Principais causas

Pessoas que sofrem com gengivite, que ingerem bebida alcoólica, que fumam, que sofre com a redução da salivação causada por medicamentos ou por distúrbios, pessoas com diabetes, com câncer, com problemas no fígado, nos rins ou pessoas que se alimentaram de alho ou cebola.

Como prevenir o mau hálito?

evitar-o-mau-halitoEscove os dentes no mínimo duas vezes ao dia, use o fio dental diariamente e escove a língua para remover todos os resíduos de alimentos ou para remover as placas bacterianas. Desta forma evitará a halitose e preservará a saúde bucal.
Se você usa dentaduras, crie o hábito de removê-las antes de se deitar e lembre-se de limpá-las antes de colocar na boca novamente. Procure ir ao dentista a cada seis meses para fazer uma limpeza e se ainda estiver com mau hálito peça uma orientação de seu dentista para descobrir a real causa da halitose.

Alimentos que ajudam a combater o câncer

Para prevenir diversas doenças é necessário manter uma alimentação saudável e balanceada, pois quando consumimos os nutrientes importantes em quantidades necessárias e quando dispensamos o consumo exagerado de açúcares como também evitamos consumir o excesso de gorduras, contribuímos para que o nosso corpo fique saudável mesmo na velhice. Precisamos consumir alimentos que previnam o surgimento de doenças que já é comum em nossa genética como o câncer, diabetes, pressão alta entre outros.

Alimentos que previnem o surgimento do câncer

alimentos-evitar-o-cançer

-Lentilha e Feijão: É recomendado que consuma pelo menos 3 vezes por semana para que os compostos cancerígenos sejam inibidos e não cheguem às células tão facilmente.

– Soja: Consegue diminuir os riscos do surgimento de alguns tipos de câncer como o câncer de mama. Também consegue reduzir o risco de recorrência nas mulheres que já tiveram câncer.

– Repolho, brócolis, couve e couve-flor: Possuem componentes anticancerígenas e não permitem que as células tumorais se proliferem com tanta facilidade.

– Nozes: Apenas 28 gramas de nozes é o suficiente para impedir que o câncer de mama se desenvolva com facilidade. Como possui componentes anti-inflamatórios e antioxidantes o risco de desenvolver o câncer é cortado pela metade.

– Manga: Poderá ingerir sucos naturais de manga ou comer a metade da fruta diariamente. Desta forma os polifenóis e a ação antioxidante conseguem agir conta as células tumorais.

Alimentos que devem ser evitados

Alguns alimentos podem contribuir para o surgimento do câncer caso seja ingerido em grande quantidade. É recomendado que diminua a quantidade de carnes vermelhas, alimentos que possuem conservantes e laticínios, também evite o consumo de bebidas alcoólicas e de comidas gordurosas que aumentam o estrógeno no sangue e alimentam os tumores.

Saiba as causas e como evitar as pontas duplas do cabelo

Independente de qual seja o tipo do cabelo ou qual seja o corte escolhido, todo cabelo pode ter pontas duplas mas é possível evitá-las tomando alguns cuidados e evitando criar maus hábitos que danificam nossos cabelos. As pontas duplas trazem um visual opaco e deixa as pontas ressecadas fazendo com que a pessoa tenha que cortar a parte danificada para melhorar o aspecto dos fios. Veja abaixo algumas dicas de como tirar as pontas duplas do cabelo sem precisar estar cortando sempre as pontas do cabelo:

cabelo-com-pontas-duplas

Como Evitar as Pontas Duplas?

  • Não abuse dos procedimentos e produtos químicos, pois sempre trazem um enfraquecimento drástico aos fios;
  • Use o secador com pelo menos 15 cm de distancia para que não danifique os cabelos;
  • Não passe a chapinha por várias vezes no mesmo local;
  • Não prenda os fios ainda molhados, pois isso danifica os cabelos e produz seborréia;
  • Não escove os cabelos com eles ainda encharcados e muito menos de baixo do chuveiro. Sempre use pentes com os dentes mais largos e dê preferência aos feitos de madeira. Quando desembaraçar comece sempre das pontas e avance aos poucos até a raiz.
  • Retire todos os resíduos do cabelo e evite acumular os produtos sem enxágue. A melhor aposta é usar shampoos anti-resíduos a cada 15 dias e hidratá-los para evitar o ressecamento;

Como eliminar as pontas duplas?

As pontas duplas só desaparecem quando cortamos a parte danificada, isso porque não existe nenhum produto que consegue reparar esse dano. Mas para as que sofrem todas as vezes que vão cortar os cabelos poderá fazer um corte “bordado” que apenas retira as pontas danificadas e não mechem muito no comprimento, pois retira no máximo 1 cm de cabelo. O valor pode chegar a R$180,00 mas pode valer muito a pena caso não queira modificar os cabelos.

Produtor que evitam ou disfarçar as pontas duplas

Deverá hidratar os cabelos com freqüência para que os cabelos se mantenham sempre saudáveis, é preciso que use uma máscara capilar de qualidade para dar efeito. Também precisará deixar o corte dos cabelos em dia, para isso poderá cortar os fios em um intervalo de 3 meses no máximo.

Use shampoos e condicionadores com óleo de Argan, óleo de coco, óleo de abacate, de cashmere, com protetor solar ou D-pantol para que a hidratação dos fios seja maior. Uma dieta saudável com frutas e verduras pode melhorar os cabelos e se beber muita água manterá os fios hidratados naturalmente.

Para disfarçar os fios use reparadores de pontas, silicones ou sérum. Esses produtos conseguem disfarçar as pontas duplas e devem ser aplicados nos fios todos os dias caso esteja muito danificado ou use quando passar a chapinha.

Veja abaixo alguns produtos que podem ser encontrados na loja virtual Yasmim Cosméticos (www.yasmimcosmeticos.com.br), é uma loja nova mas sempre entrega os produtos rapidamente.

  • – Nano Onjon Serum – Lowell 45 ml (R$ 77,85)
  • – Cristalli Liquid Semi Di Lino – Alfaparf 16ml (R$ 41,88)
  • – Reparador de Pontas –  Midori 30 ml (R$ 19,00)

5 Dicas para tirar o incômodo causado pelo uso de salto alto

Depois de um dia todo em cima de um salto alto as pernas e os pés não são mais os mesmos, no fim do dia as dores sempre aparecem e para ter uma noite confortável é preciso que tome algumas providencias para aliviar os incômodos causados pelos sapatos de salto alto. Além dos pés, os saltos altos também podem trazer alguns incômodos na coluna pois sempre temos que nos equilibrar no salto mudando nossa postura mesmo que já estejamos acostumadas, isso pode implicar em algumas dores nas costas. Confira 5 dicas de como evitar as dores e danos causados pelo uso de sapatos de salto alto.

Como evitar os danos causados pelo uso de sapatos de salto alto

danos-causados-por-salto-altoNão é obrigatório que largue seus sapatos de salto alto mas procure fazer alguns exercícios e alongamentos para que as articulações possam relaxar e deixar os músculos mais fortes, também poderá procurar por um fisioterapeuta para te ajudar a se livrar dos incômodos. Também poderá variar os calçados entre saltos mais baixos, mais confortáveis, sem salto e saltos finos para que não tenha grandes danos em seus pés, pernas e coluna.

Exercícios simples para serem feitos no fim do dia

1- Sente-se e apóie o seu calcanhar no chão, então eleve e abaixe a ponta do pé esticando os dedos mas sem tirar o calcanhar do chão. Faça um pé de cada vez;

2- Ainda na mesma posição e com o calcanhar no chão leve as pontas dos pés para os lados;

3- Levante-se e apoie as mãos no encosto da cadeira, abra as pernas de acordo com os ombros ficando nas pontas dos pés e depois abaixe-se devagar. Repita várias vezes;

4-Desencoste da cadeira mas mantenha os pés abertos da mesma maneira, depois abaixe o tronco com as costas retas fazendo um ângulo reto. Repita algumas vezes;

5-Deite-se de bruços e estique as pernas, ponha as mãos na altura da orelha. Incline as pernas estendidas, as mãos e a cabeça para trás juntos de forma que a coluna fique bem inclinadas para trás e volte para a posição normal vagarosamente;

Dicas de como evitar o superaquecimento do motor do carro

Quando o motor superaquece ele se fundi e trava pois algumas partes derretem podendo até mesmo comprometer a carcaça do motor por quebrar uma biela, se isso acontecer precisará gastar com a manutenção de seu carro mas esse prejuízo pode ser evitado com dois hábitos simples que devem ser feitos sempre que possível para evitar surpresas. Se não deseja que o carro te deixe na mão em um momento difícil por causa do super aquecimento do motor do automóvel fique atento as dicas simples que podem evitar todo esse transtorno.

motor-do-carro-aquecido

Foto divulgação: Evitar o super aquecimento do motor do automóvel

Verifique o nível de água

Se a água estiver em um nível muito baixo pode danificar o motor do carro facilmente, então sempre verifique o nível e mantenha a quantidade de água normal. Se for usar o carro em dias mais quentes poderá usar aditivos para que o motor não aqueça tanto. Apenas tome o cuidado de não abrir o reservatório caso o motor estiver quente ou ligado.

Verifique o óleo do motor

Recomenda-se que o óleo do motor seja trocado sempre que o carro rodar 3 mil km ou precisará sempre verificar os níveis de óleo com o auxílio da haste amarela que fica no motor, então puxe a haste e verifique se o nível está de acordo com uma marcação fixa na haste e se a marca de óleo estiver abaixo dessa marcação está indicando que o óleo deve ser trocado o mais breve possível. A troca do filtro de óleo também é recomendada e é indicado que isso seja feito sempre que trocar o óleo.

Sempre leve seu carro para fazer um check up em um bom mecânico pelo menos uma vez todos os anos para verificar se o seu carro está em bom estado, é importante para que verifique se os freios estão bons pois assim sempre estará dirigindo com segurança.

Como evitar o desgaste dos pneus do carro

Hoje em dia é muito comum ver as pessoas comprando um automóvel para auxiliar, agilizar e dar mais conforto na realização das tarefas diárias ou também para chegar ao local de trabalho tranquilamente sem precisar acordar mais cedo para pegar o transporte publico, sem contar que nos horários de pico o movimento de trabalhadores nos trens e ônibus é extremamente estressante. A prova do crescimento de compra de automóveis no Brasil são os congestionamentos e o transito caótico presente nas grandes cidades. Os pneus são desgastados com o tempo de uso do automóvel ainda mais se for percorrido ruas de má qualidade e sempre precisam ser trocados para manter o deslocamento totalmente seguro, alguns cuidados podem evitar o desgaste rápido dos pneus pois ajudam a manter a boa conservação dos quatro pneus adiando o período de troca.

pneu-de-carro

Prolongando a vida útil dos pneus de seu carro

Um dos procedimentos importantes para conservação dos pneus é mantê-los sempre muito bem calibrados para que não sofram tantos danos. Caso os pneus estejam carecas é essencial que faça a troca para evitar acidentes ou para evitar problemas com as leis, quando estão carecas não tem como recuperá-los e a única saída é substituí-los por novos ou semi-novos.

Para evitar o desgaste dos pneus em apenas um dos lados do veículo é preciso fazer uma espécie de rodízio toda vez que o carro percorrer 10.000 km, esse desgaste pode ser desencadeado pelas ruas mal conservadas ou peça suspensão do veículo. Também poderá aproveitar esse rodízio para melhorar o alinhamento e também o balanceamento dos seus pneus, desta forma também estará prolongando a vida útil dos pneus.

manutnçao-dos-pneus-de-carro

Foto divulgação: Cuidados com pneus do seu carro

Poderá fazer esse rodízio em sua própria residência sem gastar nada por isso, mas é indicado que leve a um bom profissional para que o alinhamento e o balanceamento fiquem em dia assim como o rodízio. São forma descomplicadas que podem trazer uma conservação dos pneus de forma bem mais satisfatória.

DICAS PARA EVITAR E CUIDAR DAS QUEIMADURAS DO SOL

No verão as pessoas vão para a praia em busca de um bronzeado bonito mas sempre se esquecem de proteger a pele dos raios solares que são totalmente prejudiciais a pele e ainda podem ganhar incômodos na pele queimada como os vermelhões que ardem e muito. Apesar de ser bom tomar para ter uma cor bonita ou para ajudar na saúde os cuidados com o sol são essenciais e sempre é preciso que as pessoas usem um bom bronzeador com protetor solar e muito cuidado com a incidência de raios UV, pois nessa época esta muito alta principalmente entre 9:00 e 16:00 horas por isso é recomendável evitar ter contato com o sol nesses horários. Saiba como evitar e cuidar das queimaduras do sol:

garotas-na-praia

Foto divulgação: Queimadura solar

Como evitar e tratar as queimaduras de sol

Se a pessoa for acostumada a estar exposta ao sol sem usar nenhum tipo de produto que realmente proteja sua pele estará sujeita a apresentar um avanço no envelhecimento de sua pele e com o decorrer do tempo poderá surgir manchas ao longo da pele que mais se expõe aos raios solares, em alguns casos esse descuido pode ter um preço muito caro e pode ser o causador de câncer de pele. Siga algumas dicas para que não se prejudique com a exposição ao sol.

queimadura-solar

Queimaduras de sol – Como evitar

  1. Nunca use bronzeadores caseiros que prometem um bronzeamento rápido principalmente se conter em sua formula o limão, pois em contato com o sol pode dar queimaduras de até terceiro grau;
  2. Para ter um bom bronzeado não queira ficar com o tom de pele desejado em apenas um dia, o melhor é se bronzear aos poucos e não se exponha mais que 30 minutos, mais que isso pode ser prejudicial;
  3. Para quem já está com a pele queimada e esta com desconforto a melhor coisa é recorrer as loções pós sol que ameniza diminuindo o desconforto, evite tomar banhos quentes e sempre mantenha a água em temperatura ambiente, use pouco sabonete para não ressecar a pele e não passe álcool pois pode acabar irritando ainda mais a pele;
  4. O que também pode ajudar a diminuir o desconforto é passar no corpo uma mistura de água com amido de milho e se hidratar com bastante água;
  5. Nunca esqueça de passar o bloqueador solar, pois quanto mais clara for a pele da pessoa maior é o fator solar do protetor que pode variar entre 8 e 60;

O melhor de curtir um dia ensolarado é saber que está protegido.

6 Dicas para evitar intoxicação alimentar

Como evitar intoxicação alimentar? Intoxicação alimentar: os sintomas que você tem após comer um alimento estragado, cheio de bactérias ruins podem variar e entre os mais comuns estão: as dores de estômago, vômito e diarréias. Uma vez que a maioria dos sintomas de intoxicação alimentar são semelhantes aos de outras doenças, tais como viroses e resfriados as pessoas não tem sempre a certeza se o alimento foi o causador do problema.
Se você acha que tem intoxicação alimentar, mas não tem certeza fique sabendo: a maioria das pessoas manifestam os sintomas da intoxicação alimentar até dois dias após a ingestão do alimento suspeito. E se você ficou doente, as chances de que todos os outros que compartilhavam os alimentos contaminados junto com você também estejam doentes.

Como prevenir a intoxicação alimentar?

É claro, a prevenção é sempre o melhor remédio, e a forma mais inteligente para tratar a intoxicação alimentar. Embora não seja possível controlarmos as condições dos alimentos em restaurantes, bares e outros lugares que frequentamos, podemos tomar vários cuidados em casa seguindo estas dicas:

  1. Manter alimentos como: saladas com molho de maionese e alimentos que contenham produtos a base de leite, refrigerados.
  2. Descongelar a carne na geladeira e não em temperatura ambiente.
  3. Mantenha os alimentos perecíveis em lugares frescos e arejados.
  4. Cozinhe muito bem carne de porco, de frango ou de vaca. Em restaurantes, prefira os alimentos frescos como saladas e pratos com vegetais. Evite a pedida de molhos e carnes.
  5. Lave bem as mãos, utensílios e superfícies com água quente e sabão depois de manusear carne crua ou ovos.
  6. Desinfete as bancadas e as demais superfícies da cozinha, ao menos, duas vezes por semana.

Agora que você já sabe o perigo da intoxicação alimentar é só tomar muito cuidado!