Projeto para salvar vidas em áreas de Risco de Deslizamentos

O programa Caldeirão do Huck vem apresentando um quadro tem feito muito sucesso, o quadro Jovens Inventores esta mostrando para todo o Brasil historias de jovens que tiveram ideias especiais e elaboraram as mesmas. Jovens que faz da curiosidade uma sede de conhecimento e descobertas. A primeira historia foi dos jovens que descobriram as propriedades curativas da agua de quiabo para pessoas com diabetes, o segundo apresentado por Luciano Huck foi a descoberta dos jovens do interior de RN que descobriram que a cera de abelha é um poderoso conservante ecológico.

Hoje o programa apresentou o invento do Isaías Junior um jovem brasileiro de Sorocaba, que também usou a curiosidade para encontrar soluções praticas para a sociedade, e no seu caso vai muito mais além. Seu projeto SISMAR é para salvar vidas.

SISMAR (Sistema Integrado de Sensores de Monitoramento em Áreas de Risco)

No Brasil já ocorrem vários desabamentos de terra em zonas habitadas, o que já levou a vida de muitas pessoas que estavam dentro de suas próprias casas. Na época da chuva há uma imensa probabilidade de deslizamentos de terra e ainda hoje existe inúmeras áreas de risco habitadas por milhares de famílias brasileiras.

Com isso Isaías Junior desde pequeno se comoveu com essa realidade e colocou na cabeça que deveria fazer alguma coisa para ajudar e solucionar algo a respeito disso. Até que criou um simples sistema para avisar a população com um alarme de que estão correndo risco de vida e para assim poder todos evacuarem.

O projeto de Isaías propõe a instalação de sensores com alarmes em morros e áreas de risco. O mecanismo do equipamento é simples mas bastante eficaz, o sensor consegue detectar a quantidade de agua absorvida pelo solo e disparar um alarme se o mesmo está instável o corre risco de desabar. Quando detectado o risco, soará um alarme avisando rapidamente a população próxima ao local.

Isaías levou o projeto para as melhores feiras de ciência do pais onde ganhou prêmios o projeto quando em pratica pode salvar muitas vidas.

enchentes_no_rio_de_janeiro_petropolis_thumb

Desabamento de terra no Rio de Janeiro 

Jovens Inventores de “A Fruta do Faraó” – Caldeirão do Huck

O programa do Luciano Huck (Caldeirão do Huck) apresentou o segundo episódio do plausível quadro “Jovens Inventores” dessa vez apresentaram mais uma novo invento de 3 jovens brasileiros do município Apodi , interior do Rio Grande do Norte, o trio de inventores Jociel, Jurassino Gutemberg estudaram buscaram fontes e lançaram um descoberta bastante útil, a ideia consiste em fazer o uso de um elemento natural para conservar por mais tempo os alimentos, ou seja inventaram um conservante natural.

Cera que conserva frutas “A fruta do faraó”

conservante natural

A ideia foi nomeada como “A fruta do faraó” baseando-se nos faraós que utilizavam a cera de abelha como uma fonte natural de conservante.

A cera de abelha, que nada mais é que o restos do cultivo de mel tem elementos activos capazes de conservar os alimentos, em especial as frutas. Uma fruta revestida com a cera, retarda o amadurecimento e aumenta o tempo de vida das mesas.

Os 3 jovens fizeram vários testes e chegaram aos seguintes resultados, as frutas com a cera de abelha que foram mantidas num local fresco e arejado, conservaram intactas por 2 meses. E as que tiveram expostas a uma temperatura mais elevada conservaram intactas por 45 dias.

O projeto chegou até uma importante feira de ciências em São Paulo, e os três jovens ganharam um cheque de trinta mil reais, o quadro do programa da rede globo conta com a colaboração do banco Itaú.

Para praticar o ciclismo, chame um Bike Anjo!

Ainda hoje, todos sabemos que andar de bicicleta na cidade de São Paulo não é nada tranquilo. Existem algumas novas leis de trânsito criadas em benefício aos ciclistas e com toda certeza tem desenvolvido melhorias e maior proteção à estes, mas ainda sim, grande parte das pessoas apresentam insegurança em praticar o ciclismo pelas ruas da cidade.

Quando converso com pessoas que se interessam pela prática do ciclismo, normalmente três são os principais motivos para o desinteresse em pedalar. Aí vão eles:

1º Medo de sofrer um acidente de trânsito

2º Não ter onde ou com quem andar

3º Medo de sofrer um assalto por estar sozinha

Mas existe uma solução e ainda de forma gratuita para pessoas que sofrem com estes problemas.

Você pode chamar um Bike Anjo!

O serviço existe desde 2010, onde voluntários experientes e apaixonados pelo ciclismo, com objetivo de inserir a pacificação no trânsito da cidade e uma melhor qualidade de vida se uniram e iniciaram o projeto Bike Anjo em São Paulo e hoje atende por todo o país.

Então se você quer começar a pedalar ou quer apenas uma companhia para perder o medo de pedalar em uma cidade como São Paulo, chame um Bike Anjo. Funciona da seguinte forma, peça um bike anjo por meio do site bike anjo preenchendo o formulário e aguarde o retorno no seu e-mail de cadastro.

No site você vai encontrar também, possibilidade e informações para se tornar um voluntário, além de dicas para quem quer pedalar com segurança em uma cidade grande.