Grupo de WhatsApp para evangélicos – GRUPO GOSPEL

A tecnologia nos trouxe hábitos e costumes contemporâneos. Muitos dizem que essa nova era da comunicação on-line, acabou afastando as pessoas, mas se pararmos para pensar concluímos que não é bem assim. Como por exemplo o WhatsApp, devido a sua popularização, podemos conversar com amigos e familiares onde e quando quisermos, e muito mais do que isso, podemos interagir e conhecer novas pessoas através de Grupos de WhatsApp. Existem grupos para todos os interesses, inclusive Grupo de WhatsApp Gospel.

Grupo de WhatsApp EVANGELICO

Os grupos de WhatsApp para evangélicos é uma dádiva para aqueles que gostam de ver vídeos evangélicos, pregações e testemunhos. Normalmente estes grupos compartilham vídeos com música gospel e pequenos vídeos de pregações com além de compartilhar pedidos e orações com os demais participantes do grupo, estreitando irmãos em Cristo e multiplicando bênçãos.

grupo de whatsapp gospel

Se você também acha que é uma excelente ideia e deseja participar de um grupo de WhatsApp gospel, então converse com os membros de sua igreja e criem um grupo. Ou crie você mesmo, e adicione as pessoas que você acredita que gostariam de participar do grupo.

Se você já é administrador de um ou deseja participar de um grupo evangélico no WhatsApp, deixe um comentário abaixo com o seu número de celular (com o DDD) e faça parte da nova maneira de levar e receber a palavra de Deus esteja onde estiver.

Você pode comentar logo abaixo usando sua conta de Facebook ou no campo de mensagens mais abaixo.

No campo de mensagem você pode optar por colocar o seu nome ou não colocar, preservando assim a sua privacidade.

Comentários

40 comentários sobre “Grupo de WhatsApp para evangélicos – GRUPO GOSPEL

    1. Quero participar de um grupo de Whatsapp Evangélico, me adicione por favor! 098991558099

  1. Bom dia a todos!

    (Peço perdão se ofendo alguém e peço que me perdoem pelos erros ortográficos cometidos.)

    Tudo começou quando eu tinha 3 ou 4 anos de idade, ainda estava na creche, e já sabia que eu era diferente das outras crianças, pois gostava mais de abraçar o tio do que a tia de lá.

    Como sempre estive ciente da diferença, procurava nunca deixar transparecer trejeitos, voz ou atitudes que levantassem suspeitas acerca do fato, mesmo sendo ainda tão jovem.

    Tive uma infância ótima: soltei pipa, joguei futebol, joguei bola de gude, rodava pião, brincava de piques descalço (sempre morei no morro), colecionava tarzos, assistia aos cavalheiros, juntava figurinhas, etc…, e tudo isso com meus amigos, garotos da mesma idade que eu.

    Meus pais me deram uma infância normal. Minha mãe (nascida em 1946) é uma pessoa calma e compreensiva, sempre trabalhou e fumou cigarros; meu pai (1940 – 2011) não tinha estudo, não ficava muito tempo num emprego, teve a vida quase destruída pelo álcool, mas largou o cigarro e a bebida quando eu ainda era muito pequeno, ele era ignorante e fofoqueiro, porém organizado e de caráter; minha irmã (1981) sempre foi uma pessoa bem extrovertida e espontânea, a vida pra ela é como um parque de diversões, não há dia ruim; meu irmão (1982) não é uma página aberta, mas, pela convivência com ele, o vejo como alguém distante, porém prestativo e responsável. Claro que existem muito a falar sobre cada um deles, tanto coisas boas quanto ruins, mas não estou escrevendo um livro.

    Infância mais comum que essa é impossível! Durante os ensinos fundamental, ginásio e médio, até que achei supernormal a convivência com os demais héteros, vira e mexe aparecia uma garota a fim de mim, a gente saía algumas vezes e terminávamos logo; na minha opinião, é verdade a história de que o gay é meio alegrinho e levanta o alto astral dos ambientes, mas não se enganem, vivo um luto interior por mim mesmo muito forte, é como se experimentasse a morte espiritual ainda em vida; o que não entendia durante minha infância e adolescência é por que garotos e algumas garotas não escondiam sua homossexualidade dos demais héteros, pois sempre achei superfácil escondê-la de todos, a não ser que eu seja a frutinha mais máscula ou a mais enrustida que existe!! Me comportava como hétero por causa da vergonha de agir como uma b*cha afeminada e também pra ser poupado das fofocas, piadinhas, indiretas e injustiças que algumas crianças hétero cometiam contra algumas crianças homo. (ODEIO MINHA VIDA!!!) Servi ao quartel em 2006, depois trabalhei pouco tempo em vários empregos, fiz 3 períodos de Ciências Biológicas (tive de trancar por causa do leve aleijamento no quadril) enquanto me tratava por causa da espondilite e tentava lidar com os infernos da prisão p*rn*gr*f*ca e da homossexualidade; o engraçado é que nem em filmes p*rn*s gosto de assistir homem com homem, gosto de ver um homem que se encaixe no meu perfil ideal pegando uma mulher bonita. É relativamente tranquilo viver assim porque não me excito com qualquer tipo de homem, mas é superchato ser dessa forma porque você não pode agir dum modo natural…sua psiquê, seu inconsciente, seu consciente, sua fisiologia, suas emoções e seu físico ficam atrelados a isso, parece um aplicativo maligno imparável que teima em rodar em segundo plano, a pessoa não vê luz no fim do túnel!!!! Acho que alguns héteros só sabem o que é ter uma pequena amostra do que É SOFRER quando passam por um problema conjugal ou financeiro na vida, pois pra quem é acostumado a sofrer por causa de sua aberração homossexual desde a primeira infância, problemas conjugais ou financeiros são fichinhas(!!!), mas sei que a história seria a mesma caso essa pessoa tivesse nascido hétero ou se o contrário acontecesse, com a pessoa hétera experimentando uma vida homoafetiva genuína. Sempre gostei de ser homem, mas esse sentimento diabólico sempre me inibiu, me paralisou e me impediu de viver plenamente minhas emoções em todas áreas dá vida !!! Pode-se dizer que sou emocional e sexualmente aleijado. É muito desgastante e MUITA pressão viver representando, à força, um papel que você gostaria de representar como se respira. Os héteros não estão nem aí com os problemas doutros héteros, quem dirá com os problemas de homos!!…e, por sua vez, os homos não ligam se algum hétero ou homo está matando ou cometendo suicídio por causa de separação matrimonial, crise financeira ou por motivos fúteis e passionais!! Este é o mundo “mente aberta”, “bom” e “solidário” em que vivemos!!! Nunca tive amizade com pessoas do sexo oposto, mas tive bastante com pessoas do mesmo sexo e foi uma experiência penosa e tediosa, A MAIORIA é imatura demais, em vez de falarem sobre projetos, objetivos de vida e o que gostam de fazer, a maior parte do discurso é sobre esporte e o que aconteceu ou deixou de acontecer ontem, na semana passada ou no ano passado; quando falam sobre sexo, parece que um tenta provar que é mais macho que o outro, se são tão machos assim, pra que essa necessidade extrema de provar sua masculinidade e ficar se afirmando a todo instante???!!! Eu não era tão “machão” quanto eles, mas também não dava a entender que era um menino com sentimentos de boiola enrustido, até que mantinha um equilíbrio. Também sempre notei minha facilidade em fazer amigos aonde quer que eu fosse e conversar fácil com qualquer desconhecido(a), uma característica que não se vê com frequência noutras pessoas, independente de sexo, raça, nível social, etc… Porém as coisas não ficam tão simples assim pra sempre. No começo da adolescência, aos 13 anos, comecei a notar meu afeto se direcionar a pessoas do mesmo sexo, sendo que bem mais intenso do que antes, e foi aí que as coisas começaram a piorar. Foi com essa mesma idade em que experimentei cigarro, maconha e vinho, mas graças a Deus, foi uma fase relâmpago e não cheguei a me viciar nisso porque não curti qualquer um dos 3, só a bebida que virou algo esporádico, mas, mesmo assim, ingeria pouco e não curtia muito porque tenho organismo fraco pra isso, tanto que hoje não bebo há 7 anos (meu último porre foi na Via Show em abr/10 com meus primos de Belford Roxo). Com 14 anos, passei a assistir a filmes p*rn*gr*f*co (fitas que meu irmão pegava emprestado) e me viciei, prova disso é que hoje me trato com uma psicóloga (só disse a ela sobre o vício p*rn*gr*f*co, mas não sobre meus sentimentos de boiola) devido a vários sintomas de ansiedade que me acompanham por causa da compulsão dessa prática infernal desde 2001, melhorei bastante de 2010 pra cá, mas creio que ainda tenho muito a melhorar. Aos 15 anos, fui diagnosticado com uma doença chamada espondilite, me tratei, mas no final de 2013 a doença entrou em atividade e fiquei aleijado do quadril (amplitude de movimento reduzida) devido à deterioração da cartilagem que recobre as cabeças dos fêmures e fui operado em 07/04/2017, uma artroplastia no quadril direito e passarei por uma segunda artroplastia no lado esquerdo daqui há uns 6 meses, no momento estou me tratando com um plano de saúde fornecido pela empresa na qual fui afastado das funções laborais como controlador de tráfego, mas minha saúde física é uma outra história, voltemos ao assunto da viadagem!

    Nunca cortegei homem algum, nunca tive relações sexuais com um também (nunca beijei, nunca paguei boguete ou recebi um bola-gato nem penetrei ou fui penetrado) ou mulher (todo homo tem medo de brochar e ser descoberto), mas já namorei com mulher 2 vezes durante um curto período… acho que usei a p*rn*gr*f*a numa tentativa de consertar minha sexualidade, mas acabei piorando ainda mais a situação porque agora tenho de lidar com toda angústia e ansiedade causadas pela punheta em excesso entre 2001 e 2010 ao mesmo tempo que uso uma máscara-hétero pro mundo, pois todos querem que eu seja um hétero (normal): a sociedade, O Pai e eu próprio!!! MINHA VIDA É UMA MENTIRA, VIVO UMA HIPOCRISIA! SINTO COMO SE ESTIVESSE À BEIRA DA INSANIDADE MENTAL, PAGANDO POR PECADOS HORRÍVEIS QUE NÃO COMETI!!! Não conto o fato de nunca ter tido intimidade com homens com orgulho, é que só quero enfatizar meu sentimento de ODIAR TER NASCIDO ASSIM E NÃO QUERER VIVER DESSE JEITO DE MANEIRA ALGUMA!!!!!!! Você pode até me dizer: “Aceita que doi menos”, “Você está adiando sua felicidade pra agradar aos outros”, “Você é um v*ado enrustido e frustrado com sua condição” e bla bla blá… mas a questão aqui é que, no fundo no fundo, NINGUÉM quer ser assim…sem hipocrisia, por favor!!!!

    A sociedade hétera nunca viu e nunca verá a homossexualidade com bons olhos, pois se depender dela, morreremos solitários, castos, frustrados para com a vida, definhando de melancolia e totalmente longe de Deus; em vez deles ignorarem o problema, por que não tentam dar soluções ao mesmo pra que os homos tenham prazer sexual com pessoas do sexo oposto???!!! VÁ A UMA PSICÓLOGA HOJE QUERENDO SER CURADO DISSO PRA COMPROVAR O QUE DIGO!!!! Ela fala muito em leis e estilo de vida dos homos que querem viver nesse estilo de vida sem sequer apresentar alternativas aos homos que desejam SINCERAMENTE levar uma vida de acordo com seu biotipo e lidar com seus sentimentos indesejáveis e antinaturais. As pessoas de prestígio na mídia, tais como: repórteres, apresentadores de programas, radialistas, convidados especiais, etc… não são b*chas e sapatões e se esse indivíduo tiver trejeitos não condizentes com sua natureza, ele sequer será selecionado para um cargo comum, quem dirá de destaque!! Quanto mais afeminada for a mulher e quanto mais másculo o homem for, melhor !! Esse é o fato mais hipócrita da história num país cujo povo se julga sem preconceito.

    Me sinto um indivíduo amaldiçoado e destinado a viver triste pelo resto da vida, pois se bato uma bronha, peco; se transo com homem, estou pecando; se transo com mulher, a piroca sequer se enrijece! v*ado pelo resto da vida!!! Qual hétero na terra entende isso???!!! Eles riem de nós pelas costas e falam horrores sobre nós com aquele ar de superioridade de orgulho hétero. Sinceramente, acredito que ninguém ama ter um homo como amigo, filho, parente, colega ou conhecido, pelo menos eu nunca vi uma mãe gostar que seu filhinho tenha um viadinho de amigo, nunca presenciei homens tratando colegas b*chas como eles tratam seus colegas machões (ou “machões” rsrs), e também só acho que as mulheres gostam de ter amigos b*chas pra que isso aumente a autoestima delas e elas se sintam melhor consigo mesmas ao saberem que existem pessoas piores/”piores” do que elas na vida… é aquela velha história: “As pessoas querem te ver bem, mas nunca melhor do que elas”.

    O mercado de trabalho e as pessoas, dum modo geral, sempre me aceitaram porque nunca aparentei ser uma b*cha escandalosa. Sei que as pessoas devem perceber algo diferente em mim, elas só não sabem o quê, já que aparento ser um hétero comum, com trejeitos masculinos, voz, corpo, barba e atividades normais, por isso, tive a oportunidade de obter bastante experiência vivendo como “hétero” com héteros, experiência o suficiente pra ter noção da hipocrisia da MAIORIA ESMAGADORA de héteros que demonstra não ter preconceito de homos na frente dos mesmos, mas fala mal deles a outros héteros mostrando sua indignação em relação à sexualidade deles perante à sociedade e argumentando sua superioridade acerca das b*chas e das sapatonas, sabe?…como se eles fossem melhor porque não vieram ao mundo com “defeito de fábrica” e podem ter uma vida normal, ou “normal”. Sei que ser hétero, casar-se cum hétero e ter filhos biológicos não são sinônimos de sucesso e felicidade, seja lá em qual área da vida for, pois vejo que eles têm tantos problemas quanto nós e vivem em evidência no CIDADE ALERTA atrelados à crimes passionais. Quando ouço héteros afirmando não quererem filhos, chega a doer meu coração de tristeza, sempre quis ter uma mulher e filhos, mas meu desejo mais arrebatador mesmo é sentir desejos/excitação sexual por pessoas do sexo oposto; tendo sentimentos de b*cha, como é que minha pica vai ficar dura com mulher ou como terei satisfação em um relacionamento hétero???!!! Não sei por que nasci, qual é a graça de viver assim???!!! Qual é a graça / o propósito de viver e não poder ser como VOCÊ QUER SER não só porque a sociedade te impõe isso, mas porque você quer sincera e realmente ser do jeito como você deveria ser, biologicamente falando???!!! A questão aqui não é ser uma pessoa respeitável e de caráter que paga suas próprias contas, mas sim O FATO DE NÃO QUERER VIVER COMO UM v*ado E A SOCIEDADE NÃO AJUDAR PORQUE DIZ QUE HÁ NADA DE ERRADO COM AQUELA PESSOA !!!! Quero e preciso do respeito e amor da sociedade, mas quero, acima de tudo, A-JU-DA !!! O sofrimento intenso e constante não é só lidar com esses desejos imundos e não dar vazão a eles, mas também se conformar em nunca ter sexo na vida e nunca poder constituir uma família de acordo com a vontade de Deus. (MEU MAIOR DESEJO É TER TESÃO POR MULHERES PARA PODER ME CASAR E TER FILHOS BIOLÓGICOS!!!!)

    Uma sapatão, pelo menos, pode ter filhos biológicos, é só abrir as pernas e pedir pro cabra mandar ver, mas e o v*ado?! Que tipo de vida um v*ado pode ter?! Não quero ser uma hipocrisia em pessoa e usar uma máscara pelo resto da vida, mas também não quero levar uma vida de homossexualismo. Não é fácil ser pai tendo sentimentos homoafetivo, mas dá pra fazer um esforço, é só ficar naquela seca que o pênis até sobe um pouco e se mantém duro durante um tempo, mesmo com mulher, mas não sei quanto tempo aguentaria vivendo uma mentira, amando meu próximo, que seria meu cônjuge, sem sentir atração sexual alguma…me pergunto se Deus é capaz de reverter esse quadro, mas não paro pra pensar muito no assunto pra não acabar me rebelando contra o SENHOR. Li um depoimento duma lésbica casada há 8 anos e com 1 filho, e ela está muito arrependida de ter-se casado cum homem porque o vazio dela aumentou, o que seria esperado se tratando dum indivíduo que só se excita com pessoas do mesmo sexo.

    Sempre achei estranho minha falta de espontaneidade em relação ao meu modo de agir e toda minha inibição a partir da adolescência, porém só agora entendo que o modo de agir feliz e normal dos héteros diz respeito à sua falta de preocupação cuma parte da vida que deveria ser normal pra mim, mas não o é, uma área da vida crucial para um desenvolvimento emocional e psíquico biologicamente natural. Os héteros são felizes e não sabem, pois não fazem ideia de como é viver esse inferno em sentir tesão por pessoas do mesmo sexo ao mesmo que quer ser e se sentir de acordo com seus pares de cromossomos.

    Não acredito em vidas passadas, karma, espiritismo, etc…, só creio na Palavra de Deus, pois é Ele quem me dá forças pra continuar lutando pela vida. Dou graças a Ele pelo fato do Brasil ainda não ter legalizado o porte de armas porque eu seria o primeiro a entrar pras gordas estatísticas de suicídio no país, corroborando o receio dos que se declaram contra tal porte, sem contar que o número de latrocínios também aumentaria porque o criminoso já ia chegar atirando ou mandando o assaltado levantar a camisa e dar uma rodada pra ele saber se a vítima está armada, e o número de crimes passionais (raiva, inveja, traição e outros motivos absurdo) também aumentaria, logo, sou totalmente contra a legalização do porte de armas, pois não se paga o mal com o mal !!!

    Vejo graça NENHUMA na vida !!! Qual v*ado ou sapata acha???!!! Você conhece algum hipócrita? Pergunta prum hétero se ele quer ser b*cha ou pergunta prum v*ado se ele quer continuar tendo sentimentos indesejáveis!!! As respostas, respectivamente, serão: “Não e não”! Que pai se orgulha ao saber que seu filho é uma “bonequinha” e qual mãe grávida sonha em ter uma linda “sapatãozinha”, por mais saudáveis que sejam?????!!!!! Que DROGA DE VIDA!!!!!! Ninguém pede pra nascer e muitos ainda são obrigados a viver um verdadeiro lixo cármico de vida com desajustes emocional e psíquico enquanto assistem a outros viverem suas vidas plenamente (de modo relativo, pois são normais/”normais”) em todas as áreas e com a felicidade a todo vapor!!!!! Se a vida é injusta, isso é uma condenação injusta, já que você adquire uma fraqueza/tentação/espinho na carne sem procurar por isso, mas o alcoólatra, o guloso, o fofoqueiro, o maconheiro, o jogador, o vaidoso, etc… meio que PEDEM por isso, a não ser que essas pessoas também tenham nascido com uma tendência e a desenvolveram ao longo de suas vidas, assim como os psicopatas e nós, b*chas e sapatões, todos aberrações da natureza. Temos de dar graças a Deus pelo fato de nossos pais não serem b*chas e sapatões ou héteros a favor do aborto, caso contrário, não estaríamos aqui!

    Se família é um projeto de Deus, que tipo de projeto um casal de b*chas ou de sapatonas terá na vida, adotando uma criança e vivendo em pecado num amor proibido por quem os criou?! Ele ama o pecador, mas abomina o pecado… já ouvi muito isso, mas isso não mudará o fato de eu ter “nascido” como uma aberração, contrário à natureza do SENHOR.

    Será que estou condenado a viver no banco da igreja, fingindo e tentando ser um varão, não me casar nem ter filhos porque meu ‘joaozinho’ não se anima com mulheres e, em simultâneo, ter de presenciar, em intenso sofrimento, os irmãos e irmãs héteros constituírem suas famílias e levando uma vida como deveria ser?
    ACREDITO QUE MUITOS HOMOS VENDERIAM A ALMA PARA SE TORNAR HÉTEROS!
    Já ouvi pessoas, inclusive cristãs, criticarem homos, mas, então, o que será que elas propõem que eles façam da vida? Em vez de criticarem, deveriam apresentar soluções para os nossos problemas, principalmente em se tratando de pessoas praticantes dá Palavra. Bem que elas poderiam nos dar uma ajuda apresentando seus filhos e filhas a nós, pessoas carentes e sexualmente aleijadas, muitas ansiando por uma união hétera e uma vida sexual decente, de acordo com a Palavra.
    QUE PORCARIA DE VIDA É ESSA?????!!!!!
    NÃO ACEITO ISSO!!!!

    As pessoas com fraquezas/dificuldades noutras áreas da vida pelo menos podem ter uma vida matrimonial e filhos naturalmente e viverem uma vida emocional, psicológica, física e espiritual harmoniosa, como deveria ser para todos, mas nós não temos uma sincronia emocional, psicológica e espiritual plena porque 2 seres humanos criados perfeitos foram enganados por uma cobra!!!!! QUE TIPO DE PECADO COMETI PRA MERECER ISSO????!!! Não consigo ter 1 (hum) momento de alegria pleno sem que esse sentimento “viadex” espinhoso esbofeteie minha alma e me humilhe internamente. Sei que a vida não se resume só a heterossexualidade, casamento e filhos, mas será que isso é pedir muito? Muitos héteros não têm filhos, muitos não são casados e parecem não estar nem aí pra tudo isso, mas cada um é cada um e eu estou!!!!!
    ATÉ QUANDO VOU TER DE AGUENTAR ESSA VIDA MISERÁVEL???!!!

    Sinto-me com a vida amarrada devido a esse “pequeno e insignificante” probleminha, embora tenha relativa sorte noutras áreas. Invejo os héteros, pois sempre admirei a feliz normalidade e garra que têm diante da vida, parece que TUDO flui naturalmente na vida deles mesmo quando as coisas saem errado ou há obstáculos, pois não apresentam bloqueios emocionais, conflitos, ansiedades, insegurança e sentimentos de inadequação que os homos apresentam. Preferiria ter nascido uma formiga, um marisco ou outro bicho qualquer a nascer um ser humano biologicamente desajustado. Se o que tenho no corpo é um espírito imundo, o que fiz quando criança pra merecê-lo ou por que o SENHOR não o expulsa logo???!!! Quando sei de héteros com depressão por causa de problemas financeiros, separação ou outro problema qualquer, chego a gargalhar alto mentalmente (no bom sentido, de tão bobo que acho o motivo do baixo astral deles) frente a insignificância e ridicularidade do problema se comparado ao de quem não pode, EM HIPÓTESE ALGUMA, ter uma vida de acordo com a natureza, por mais que queira e lute por isso. É MUITA PRESSÃO viver assim, e ainda ter de tentar levar uma vida normal, não porque todos esperam isso de você, mas porque você realmente quer ter uma, embora você saiba muito bem que isso é uma utopia, humanamente falando, pois continuo esperando uma mudança, um milagre, da parte de Deus em minha vida.

    Acho ridículo viver uma vida homo porque se eu quiser viver com um homem, vou querer um HO-MEM, que tenha atração por mulheres, ao meu lado, já que sinto atração por homens e não por um v*ado que deseja outros homens e, também, não acho que uma mulher hétero vá aceitar ficar comigo sabendo das minhas condições sexuais, que tipo de mulher se casaria com um v*ado por pena?!… é certo que ela nunca viesse a ter tesão por mim, mesmo eu aparentando ser homem… creio que minha piroca nem suba só de pensar na hipótese de ter relações sexuais cuma outra b*cha ou cuma mulher, e, além do mais, que HOMEM vai querer comer outro “homem”?!… acredito que ele não se excite também… desde os meus 2 ou 3 anos de idade sempre tive mais alegria/afeto por pessoas do mesmo sexo só que não da mesma idade que eu, porém 20-30 mais velho + ou -, e não pode ser magro ou afeminado, mas também acho ridículo bombados, barriga tanquinho, homens com barba por fazer ou os que têm postura de macho alfa e se mostram OS BRABOS do bando… não adianta, tem de ser o ideal de parceiro que a pessoa procura!!! (caso contrário, a piroca nem se anima!!!), gosto de brancos ou morenos, meio parrudos, com aquela barriguinha discreta, com cabelo (nem careca nem cabeludo) e legais, altura mediana, não precisam ser loiros nem olhos claros nem barba e TEM QUE SER uns vinte anos mais velhos, se vejo um homem que se encaixe nesse perfil, a pica já se anima e o coração acelera; Não é só porque o cara é hétero que meu coração vai se acelerar por ele, tem de ser o ideal masculino que tenho em mente/no inconsciente pra que meu interesse se desperte. IMPRESSIONANTEMENTE, nunca senti excitação por aqueles artistas/modelos jovens e magrotes, mesmo se encaixando um pouco no perfil que me agrada, pois se for jovem, mais ou menos da minha idade, mesmo se encaixando em 99% do meu ideal pessoal, não sinto atração!!!… não sei se é porque eles parecem ser menos másculos ou com menos maturidade e experiência, mas tudo que posso dizer é que sempre tive atração por homens mais velhos, acho que isso deve ser por causa da alegria e atenção com que o tio tratava as crianças na creche. Essa história de que homens de farda são ‘tudo de bom’ não é verdade, de nada adianta a farda do cara se o homem fardado não se encaixar no perfil ideal que a pessoa procura e quanto à voz, pode ser qualquer uma!!! Nunca dei para ou beijei um homem pra saber se é isso mesmo o que quero, acredito que não vou me sentir eu mesmo caso tenha essa experiência ou poderia sentir até mesmo nojo… TÁ AMARRADA E QUEIMADA TODA ESSA OBRA PERVERSA EM MINHA VIDA!!! (adoraria que tudo isto que escrevo fosse brincadeira, mas não o é!)… isso soa mais como uma armadilha dos infernos pra atormentar os condenados em vida antes deles irem pro lugar que merecem: o lago de fogo e enxofre, onde o fogo nunca se apaga e o bicho não morre !!
    Tenho ciência de que posso estar exagerando e que Deus não quer nosso mal, que somos salvos pela graça, mas…COMO VOU VIVER UMA VIDA SEXUAL QUE O SENHOR DESEJA A TODOS SE NÃO SINTO ATRAÇÃO POR VAROAS, MAS POR VARÕES????!!!!
    O que resta pra mim parece ser viver uma vida egodistônica usando substâncias ilegais ou a p*rn*gr*f*a como válvula de escape pra não pensar na vida miserável que levo enquanto envelheço sozinho, sem mulher e sem filhos, servindo unicamente de objeto de chacota e aumentador de autoestima de pessoas hipócritas, egoístas, mau caráter e sem amor ao próximo. Não me entendo, adoro ser, me vestir, falar e me portar como homem, mas meu inconsciente/bioquímica/emoções/espírito imundo (ou sei lá o quê!!!) apontam exatamente o oposto!!!!! Não sou de chorar, mas derramo rios de lágrimas intermináveis internamente por causa do meu pesar e meu lamento pela minha condição constante e comum de sentimentos homoafetivos, que me faz sentir como o mais miserável dos seres humanos. É UM SOFRIMENTO INEFÁVEL !!!!! Não sei dizer se dou tanta importância assim à área sexual por causa do vício em p*rn*gr*f*a ou se por causa do homossexualismo, só sei que os héteros aparentam ter uma vida sexual mais harmoniosa e uma vida mais cheia de alegria, sem preocupação significante e mais equilibrada do que os homos, enquanto nós temos de viver uma pressão brutal e nos preocupar em interpretar um papel numa vida que deveria ser uma benção. É nítido o fato de a masturbação agravar o quadro homoafetivo, ela desviriliza demais o varão, lhe rouba o elixir da vida e o transforma em zumbi social, tanto é que que quando fico mais ou menos 1 mês sem bater uma bronha e ver xvideos, minha piroca endurece até por mulheres!!! Me sinto o v*ado mais estranho do mundo!! Morro por dentro toda vez que vejo um casal hétero com filhos e eu sabendo que nunca vou poder ter uma esposa e filhos biológicos…COMO VOU ME EXCITAR E FICAR COM A PIROCA DURA COM MULHERES????!!!! Sei que a vida não se resume à heterossexualidade, mulher e filhos biológicos, mas é justamente isso que quero, será que é pedir muito?! De 5 anos pra cá, tenho até evitado visitar amigos e parentes porque a primeira coisa que eles perguntam é: “E a namorada?”, “Já casou?”, “Quantos filhos tem?”, já não aguento mais mentir tanto, e ainda sou obrigado a assistir a meus amigos e colegas de infância se casando e sendo pais e mães enquanto lido com toda essa pressão ‘inferno-emocional’ (uma montanha-russa emocional dos infernos) apenas marcando passos nessa vida sem sal !! Não to querendo bancar a vítima e pedindo que tenham pena de mim, mas, pô…se coloquem em meu lugar, qual hétero amaria ser assim???!!! Ainda mais sabendo que temos apenas 1 vida pra ser vivida da melhor forma e pronto! Mesmo os héteros não querendo se casar e ter filhos, pelo menos vão poder ter uma vida emocional e sexual em sintonia e harmoniosa, já quanto aos homos… Todos sabemos QUE TUDO É VAIDADE e que todos nós e nossos filhos (quem os tiver) seremos pó e não seremos mais lembrados daqui a 120 anos, até porque os que poderiam se lembrar também terão virado pó, mas (BATO NA MESMA TECLA!!), ainda assim, desejo profundamente ser um homem completo de acordo com a vontade de Deus!! Esse sentimento homossexual é muito complicado porque, além de ser proibido cobiçar, é mais proibido ainda ter relações sexuais com pessoas do mesmo sexo, o que torna o sentimento excêntrico e ainda mais irresistível. Enquanto vou lidando com toda essa complexidade existencial, cumpro a obrigação de todo ser humano: temer a Deus/praticar Sua Palavra.

    Nunca disse isso a pessoa alguma, mas já imagino o pastor dizendo que vou ter de lidar com isso pelo resto da vida, sem que ele me dê alternativas práticas pra superar o problema e esperança de eu ser como quero e como o SENHOR deseja. Se eu disser que sou grato a Deus pela minha vida, estaria mentindo! Que homo é grato a Deus pela sua vida? Só se esse homo não tem senso moral, não esteja nem aí pra Palavra de Deus e viva uma vida hedônica. Na Palavra está escrito: “O Reino dos Céus é tomado à força”. Mateus 11:12, logo, sabemos que não entraremos no Céu de qualquer jeito, e não podemos contar com a graça!!! Só os espiritualmente fortes herdarão o Reino de Deus, o pecado nos separa dEle e enfraquece nosso espírito; se em Sua palavra está escrito que os efeminados e os que se deitam com pessoas do mesmo sexo não O herdarão, não se engane, sinto muito, mas você, eu e muitos outros corremos o sério risco de não irmos para o Céu depois de ‘batermos as botas’! O SENHOR quer que façamos um esforço real pra herdarmos Seu Reino e não que nos entreguemos às obras da carne sem luta.

    Nunca há felicidade, não importa o que eu faça, mesmo os momentos felizes que ocorrem esporadicamente são ofuscados pela minha aberração sexual, pois sempre tem esse sentimento homoafetivo e bastante indesejável me lembrando que sou “pior e inferior” aos outros.
    Tenho noção que meu sofrimento pode estar no mesmo nível de intensidade de pessoas gulosas, alcoólatras, usuárias de crack, jogadoras de jogos de azar, etc…, porém devemos ter em mente que nós nunca vamos ter uma área totalmente preenchida, que é a área sexual, a não ser que o SENHOR o permita. Muitos têm um sonho: uns querem ser cantor, outros querem fazer uma faculdade, outros querem luxo e também têm os que só querem uma vida tranquila, mas eu…eu só quero ser um heterossexual, como o SENHOR deseja que eu seja! É tão difícil assim ter uma vida normal?! As mensagens que a sociedade parece nos passar são: “Nasceu v**d*, já era, se mata!” ou “Você pode viver como um homem normal só que sem mulher ou filhos.” ou “Tente gostar de mulheres custe o que custar pra ter uma vida normal, porém frustrada e sem excitação de verdade.” ou, ainda, “Saia do armário, sua b*cha enrustida!!!” Não há opções fáceis e felizes pra quem nasce com uma espécie de doença ‘psíquico-libidinosa’ !!! Sempre convivi relativamente bem com minha b*iolagem enrustida, mas o problema é que agora não quero mais esse sentimento canceroso em meu ser; quero sentir tesão por pessoas do sexo oposto, me casar cuma mulher, ter filhos, constituir família !!!! POR QUE DIABOS UM SER HUMANO NASCE/SE DESENVOLVE ASSIM????!!!! CONSIDERO ESSA VIDA MAIS COMO UMA MALDIÇÃO DO QUE UMA BÊNÇÃO !!!!!! UMA PROVAÇÃO DOS INFERNOS !!!! NÃO É JUSTO !!!! Nunca me vesti como mulher e nem quis ser uma, exceto pela existência desse desejo incompreensível e atormentador que me iguala a uma, pelo menos do ponto de vista humano.

    Não ponho a culpa nos meus pais nem nos meus irmãos ou em qualquer uma outra pessoa que tenha exercido grande influência, independente do período de tempo, sobre minha vida porque esse jeito de ser me acompanha desde os 3 ou 4 anos de idade, o que significa que eu me desenvolveria assim duma forma ou doutra. Como se não bastasse esse sentimento repugnante e “ant*biológico” do homossexual*smo, ainda TENHO DE LUTAR CONTRA A “BENDITA” p*rn*gr*f*a”, comecei na prática aos 14 anos, mas só comecei a tentar parar com esse mau hábito e lutar contra isso aos 23, foi quando descobri o vício p*rn*gr*f*co. NUNCA ESTIVE ENVOLVIDO COM B*CH*S, NA PRÁTICA HOMOSSEXUAL!! Repito: sei que a PRÁTICA homossexual é pecado, mas que tipo de vida um bo*ola cristão terá se não pode se casar nem fud*r com homem, não fica de p*u duro com mulher e nem pode bater uma br*nh* num filminho p*rn* sem estar condenado ao inferno???!!! POR QUE DEUS PERMITE COISAS ASSIM NO MUNDO???!!! Se eu fosse hétero com dificuldade noutra área da vida, pelo menos poderia ficar de p*ca rígida com mulher, me casar com uma e constituir família, mesmo cum outro problema, mas isso nunca vai acontecer, infelizmente!!!!! A questão não é arrependimento ou tentar ser hétero, a questão é NÃO CONSEGUIR SE EXCITAR COM PESSOAS DO SEXO OPOSTO PARA TER UMA VIDA NORMAL…DROGA DE VIDA !!!!!!!! 😠😢… Às vezes, chego a sentir inveja quando vejo no noticiário da TV que fulano, ciclano e beltrano morreram num acidente de carro ou que fulano reagiu a um assalto e morreu com um tiro…acreditem! odeio admitir isso, mas sinto inveja dessas pessoas que morreram e não vão ter mais de viver com toda essa pressão que sinto duma VIDA MISERÁVEL NUM MUNDO SEM SENTIDO !!!!!! Gostaria de ser grato a Deus, sinto muito pelo que vou dizer, mas se fosse pra nascer assim, preferiria não ter nascido! Ao mesmo tempo penso: “Do que adianta nascer hétero, se casar, ter filhos e ir pro inferno por causa da fornicação, adultério, alcoolismo, roubo, fofoca, mentira, inveja, ira, jogos de azar, avareza, etc…???!!! Que a única coisa que muda é a fraqueza, que ninguém é perfeito e voa imaginação! Penso isso tudo, mas continuo não aceitando a condição em que me encontro. É como se o problema de homossexualismo fosse o pior do que qualquer um outro problema no mundo, mas minha consciência diz que não é, mesmo minha razão e minhas emoções dizendo o contrário. 😔
    “Pelo que julguei mais felizes os que já morreram, do que os que ainda vivem. E melhor do que uns e outros é aquele que ainda não é, e que não viu as más obras que se fazem debaixo do sol. Também vi eu que todo trabalho e toda destreza em obras provêm da inveja que o homem tem do seu próximo. Também isso é vaidade e desejo vão.” ECLESIASTES 4:2-4 Bíblia Sagrada – (Mobidic)

    Algumas coisas parecem fazer o maior sentido do mundo, mas nem tudo que faz sentido é certo, e elas só vão te dar satisfação e alegria verdadeira se forem de DEUS! Não basta crer que a Bíblia Sagrada é a Palavra de Deus, é preciso praticá-La. O mundo diz que p*u que nasce torto morre torto e que o alcoólatra, o drogado, a fofoqueira, o ladrão, o mentiroso, o invejoso, o avarento, o psicopata, o v*ado, a sap*tão, etc… não têm jeito, mas conheço um CARPINTEIRO que é capaz de endireitar QUALQUER P*U, POR MAIS TORTO QUE ESTEJA!
    Sei que Ele tudo pode e nos dará vitória!

    Em Nome de Jesus, Amém! ✝🐟

    Via mobile

Envie seu comentário