O ciclo de vida de um produto – Da introdução ao declínio

Todo produto tem um ciclo de vida, que é todo o estágio que vai desde o seu lançamento até a sua morte, podemos dizer assim. O ciclo de vida de um produto é semelhante ao ciclo de vida de um ser humano, por exemplo, os seres humanos nascem, crescem, se reproduzem e morrem, este é o ciclo de vida das pessoas, do mesmo modo, os produtos são Introduzidos no mercado (nascem), tem sua faze de crescimento e aceitação (crescem), adquirem uma maturidade (reproduzem) e então entram em declínio (morrem), precisando serem tirados ou substituídos no mercado. Então, considerando o que foi dito acima, o ciclo de vida de um produto é o seguinte:

Introdução –> Crescimento –> Maturação –> Declínio

Ciclo_vida_produto

Credito de imagem: pt.wikipedia.org

Vamos entender melhor cada um destes estágios:

Introdução do produto

Quando o produto é inserido no mercado, ninguém o conhece e nem sabe com clareza o que tal produto pode fazer por ele. Então há ênfase principal nesta fase do ciclo de um produto é a adequação. O produto ainda está em fase de experiência e pode sofrer alterações ou adaptações de acordo com a necessidades dos clientes. Tome como exemplo o produto cicatricure, que tem o objetivo de amenizar as marcas causadas por cicatrizes. Este produto foi lançado com este objetivo, mas no decorrer da adaptação, acabou-se descobrindo que ele também era útil para tratamento de linhas de expressão no rosto das pessoas, então sua promoção e divulgação foram alterados e adaptados para isto. Aliás, a parte de promoção e divulgação, nesta fase, é muito intensa e a empresa quase não tem lucros, pois também produzem em pequena escala.

Crescimento do produto

Nesta fase do ciclo de vida de um produto, já é produzido em escala maior e já tem alguma aceitação no mercado. É aqui que aparecem também alguns concorrentes que são atraídos pelo sucesso do produto e acabam querendo desenvolver algo semelhante. Nesta fase, o preço deve ser competitivo, praticado de acordo com a média do mercado. E grande número de intermediários, tais como revendedores, passam a querer comercializar o produto.

Maturação do produto

Aqui o produto já é amplamente aceito no mercado e as vendas ficam estáveis por conta disto. A produção continua em grande escala para atender a demanda do mercado. Concorrentes continuam surgindo. As promoções e divulgações continuam para que o produto continue competitivo no mercado. Os lucros agora estão estáveis, mas tem tendência a caírem, pois há um momento que vão se aproximar da fase do declínio.

Declínio do produto

Na fase de declínio, cessam os investimentos em propaganda e os lucros caem cada vez mais. Algumas empresas até perdem dinheiro. Para que o ciclo de vida de um produto chegue ao declínio, existem várias razões, tais como:

  • O aparecimento de um outro produto semelhante que pode substitui-lo;
  • A falta de interesse de muitos consumidores que acabam sendo atraídos pela estratégia do concorrente;
  • Entre outros;

Como exemplo, podemos citar a rede social Orkut aqui no Brasil, que tevê seu auge, mas depois entrou em declínio devido a não conseguir bater de frente com a concorrência do facebook, então acabou por ser substituído, embora ainda haja usuários.

Por mais tempo que um produto passe no mercado, em algum momento ele será substituído.

Comentários

Envie seu comentário