O marketing polêmico, que estratégias são essas?

Fazer marketing polêmico tem sido uma das principais estratégias de muitas empresas, mas até que ponto isto realmente é vantajoso para elas? Existem temas que trazem um bom feedback perante a determinados público-alvo, mas também existem aquelas que, por falta de competência da equipe de marketing ou por falta de avaliação das consequências, acabam trazendo uma imagem ruim para a marca.

Existem muitos temas que chama a atenção na atualidade, são músicas que “bombaram” na internet, assuntos de cunho religioso, temas sexuais, abusos, escândalos, temas políticos, vídeos que fizeram sucesso no youtube, diversidades étnicas e uma infinidade de outros que nem poderiam serem citados aqui.

Devido ao alto impacto de divulgação que estes temas conseguem na mídia, dependendo de como as empresas atuam, podem “pegar carona” na publicidade que por si próprios estes temas trazem. Abaixo você vai ficar com alguns exemplos de marketing que pegaram assuntos polêmicos para retratar.

Marketing polêmico em torno do beijo gay

O beijo gay já foi considerado um grande tabu nas telenovelas brasileiras e nenhuma dramaturgia mostrou explicitamente um beijo deste tipo, devido ao grande impacto que poderiam causar aos seus expectadores. Mas recentemente o SBT quis mostrar isso em uma de suas novelas (Amor e revolução), e foi a primeira a mostra o beijo entre duas mulheres:

beijo-gay-em-novelas

Eles também iam mostrar entre dois homens, mas desistiram da ideia por causa da representação que isto poderia causar no publico, no entanto, o beijo lésbico foi uma estratégia de marketing polêmico que aumentou bastante a audiência.

Estratégia de marketing com polêmica religiosa

A filial da play boy portuguesa teve suas portas fechadas pela matriz, por causa da seguinte capa de uma das suas edições:

estrategia-de-marketing-apelativo

Marketing da Mercedes baseado em “música do momento” que virou hit na internet

Uma das estratégias com assuntos não tão polémico porem bastante popular, foi a da empresa de carros de luxo Mercedes Benz, ao lançar o Mercedes classe A. Para divulgar o seu novo carro, fez uso de uma popular música Funk. Respondendo à essa estratégia, os diretores da propaganda disseram que já esperavam este resultado e que o vídeo lançado está sendo positivo para empresa em termos de resultados e engajamento.

Teve também a propaganda da Bombril que ofendeu vários homens por ser considerada sexista e discriminatória, já que ensinavam mulheres a adestrar os homens, mas o caso não deu em nada.

grandes-estrategias-de-marketing

Outra estratégia de marketing polêmico que deu o que falar foi a da HOPE (empresa de lingeries), acusada de denegrir a imagem da mulher, já que “Gisele aparece usando roupas íntimas para sugerir às mulheres brasileiras que usem a sensualidade na hora de dar uma notícia desagradável ao marido.”.

Enfim, você deve ter percebido que há um número incontável de temas polêmicos que as equipes de publicidade de uma empresa podem usar para colocar a marca em evidência. Infelizmente algumas vezes o tiro sai pela culatra e a imagem da empresa fica prejudicada perante os seus consumidores, apesar de ganharem grande publicidade.

Comentários

Envie seu comentário