by

Paralelo entre empregos privados e públicos

A máquina pública brasileira de contratações não para de crescer. A “única” exigência para fazer parte dela é passar em concurso público. No Brasil a busca por empregos estáveis e bem remunerados se torna a cada dia uma realidade na vida de todos os brasileiros. Estes empregos existem tanto na iniciativa privada quanto na iniciativa pública. O que separa uma da outra são as exigências e os salários que cada uma oferece.

Empregos privados e públicos

 

Iniciativa Privada

A média salarial que as empresas privadas costumam pagar é de R$ 622,00 (recepcionistas, atendentes, secretários, serviços gerais, etc.) a R$ 1.800,00 (vendedores, cobradores, pedreiros, etc.) por mês para quem possui nível fundamental ou médio. Em alguns casos, dependendo do tempo de serviço e da comissão (quando recebe adicional por comissão) do funcionário, os valores podem chegam entre R$ 1.500,00 a R$ 5.000,00. Pagamentos acima dos citados anteriormente ocorrem sim, mas em casos excepcionais.
Para quem possui nível superior, a média é de R$ 1.500,00 a R$ 5.000,00 + benefícios nos salários. Em alguns empregos, pode chegar a R$ 10.000,00 facilmente, se você possuir pós-graduação, especialização, mestrado, doutorado e experiência.
A grande verdade nos empregos privados é que o empregador sempre exige mais do que o cargo realmente merece. Imagine passar 4 anos em uma faculdade pública ou particular, e quando sair para procurar emprego bater de frente com uma resposta negativa por não possuir experiência? E quando você acha o emprego mais o salário é totalmente diferente do que você imaginava? Isso é normal, e se repete todos os dias. Afinal, quem daria a direção da administração da sua empresa para um administrador de empresas recém-formado?
Para chegar a cargos bem remunerados em empregos privados, a regra é ter uma boa formação profissional e a exigência é ter uma boa experiência. Infelizmente, isso se constrói com o tempo, alguns anos da sua vida com certeza.

Iniciativa Pública

Com a proposta da estabilidade e pisos salariais cada vez melhores, os empregos públicos no Brasil tem se tornado a “menina dos olhos” de muita gente. Muitos têm deixado à iniciativa privada para servir ao seu país e ser remunerado por isso.
Um funcionário de nível médio, em média, recebe entre R$ 622,00 + benefícios (em sua maioria, concursos municipais), podendo a chegar a R$ 6.000,00 (DEPEN – Departamento Penitenciário Federal) e até R$ 9.000,00 (se possuir cargo comissionado). Nos cargos de nível superior, os números podem passar de R$ 13.000,00 (auditor fiscal) e chegar a R$ 22.000,00 (Juiz Federal). Essas e outras propostas vêm atraindo gente de todos os lugares do território nacional para fazer concursos públicos e usufruir das regalias que se tem quando trabalhamos para o governo.
Os concursos mais visados por possuírem bons salários para nível médio e superior são: TRT, TST, STF, Banco do Brasil, Caixa, STJ, TCE, DEPEN, INSS, TCU, Diplomata, PRF, PF, ATA, Correios, Auditor Fiscal, INFRAERO e Auditor Fiscal.

Conclusão

Seja na área pública ou privada, todos nós temos que trabalhar um dia. Cabe a cada um decidir o caminho que mais convém. As oportunidades aparecerão para ambas as áreas. Mas não se engane o esforço está presente em cada uma delas. Dedique-se no que quer para sua vida e será recompensado com o cargo que merece, seja no serviço público ou privado.

Comentários

Envie seu comentário