A Análise de Mercados para uma Economia Global

Embora a economia dos países estejam cada vez mais unificados, é correto afirmar que a analise de mercados é importante, devido ao fato de que as diferenças regionais não desapareceram por completo e cada país/local tem a sua cultura e forma de comportamento da economia. Tudo isto se reflete principalmente em 3 fatores: O estágio de desenvolvimento econômico, o poder de compra da população e a força da moeda local.

economia-global

Se você for fazer uma divisão, mesmo que ela pareça grossa, você vai chegar a conclusão de que é possível separar os países em dois blocos: Os desenvolvidos e os que estão em desenvolvimento.

Países desenvolvidos: Possuem economias de alta tecnologia e uma grande variedade de produtos e serviços. Exemplo: Estados Unidos, Japão, Alemanha e Inglaterra.

Países em desenvolvimento: Estes países tiveram durante muitos anos uma cultura agrícola e agora estão passando para o estágio industrial. É claro que alguns estão mais avançados do que outros neste quesito, tal como é o Brasil, Argentina, Turquia e outros.

O poder de compra de países que já estão desenvolvidos é maior do que os que não estão, mas isto não significa que países em desenvolvimento não sejam atraentes para investimento, visto que existe uma possibilidade de crescimento muito grande para muitos mercados diferenciados. Um exemplo é a questão das linhas telefônicas, onde na Espanha já atingiu a sua maturidade e hoje este serviço não cresce mais. Em contra partida, a China é o país que mais cresce em instalação de telefones fixos. Portanto, executivos da área de telefonia da Espanha poderiam muito bem aproveitar este potencial Chinês para fazerem negócios importantes e gerarem lucros para si.

O que você pode perceber com tudo isto é que para fazer a análise de mercados dos vários locais existentes onde se tem potencial de negócios é preciso conhecer muito bem como cada região lida com vários fatores.

O estágio de desenvolvimento econômico

Quando uma empresa pretende entrar em outro país, é preciso fazer a analise de mercados daquela área e verificar como é a economia de lá. Se for muito problemática, como grandes conflitos políticos e baixa taxa de crescimento na área que a organização pretende atuar, então provavelmente não é um  bom mercado.

O poder de compra da população

É também preciso averiguar a questão do poder de compra da população, pois mesmo que um país tenha um produto interno bruto (PIB) grande, ainda assim o poder de compra pode não satisfazer as necessidades de algumas empresas que querem vender seus produtos.

A força da moeda local

A analise de mercados deve considerar fortemente a moeda do local onde a empresa pretende atuar, pois muitas transações serão feitas naquela moeda. Se um comprador estrangeiro precisar importar seus produtos do Brasil para o Japão, por exemplo, a moeda do Japão (ienes) terá grande influencia nesta transação, sendo portanto necessário saber trabalhar bem com o câmbio e saber a hora certa de exportar e importar.

Então, como você pode perceber, a analise de mercados e dos seus pontos importantes é essencial para se fazer bons negócios.

Comentários

Envie seu comentário